Últimas notícias do evento

[RESENHA#94] Ninguém, de Karen Alvares

Postado em Atualizado em

ninguem-karen-alvares.jpg

Título: Ninguém
Autor: Karen Alvares
ISBN: B00VTUJZKG
Ano: 2015
Páginas: 15
Editora: Draco
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Autora revelação no gênero de terror e do elogiado thriller Alameda dos Pesadelos
Um jovem hacker passa seus dias à procura de horrores na Deep Web, até que o próprio Horror finalmente o encontra. E as consequências são piores que a morte
Leia o resto deste post »

[RESENHA#93] O Visconde Que Me Amava , de Julia Quinn

Postado em Atualizado em

O Visconde que me Amava.jpg
Título:
O Visconde Que Me Amava

Autor: Julia Quinn
ISBN: 9788580411973
Ano: 2013
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será
Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.
Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis. Leia o resto deste post »

[Resenha #92] Wild Cards livro 6

Postado em Atualizado em

Wildcards6Desaconselhável para menores de 18 anos!

Para os que não conhecem, Wild Cards é uma série de livros que conta a história de uma Terra paralela assolada pelo vírus alienígena Carta Selvagem. Esse vírus pode: matar os infectados na hora (dama de espadas); transformá-los em monstros (os coringas) ou, em raríssimos casos, transformá-los em super-humanos sem efeitos colaterais (os Ases).

O livro 6 mostra o senador Hartmann em plena campanha para presidente dos EUA em Atlanta, 1988. A situação é delicada, o preconceito racial contra negros e coringas é alto lá. Para piorar seu oponente mais forte é Leo Barnett, pastor que prega que o vírus Carta Selvagem é coisa do demônio e que os infectados devam ser caçados, presos e mortos em campos de concentração.

Leia o resto deste post »

[RESENHA#90] O Duque e Eu, de Julia Quinn

Postado em Atualizado em

24v16hd
Título:
O Duque e Eu

Autor: Julia Quinn
ISBN: 9788580411461
Ano: 2013
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.
Leia o resto deste post »

[Resenha#89] RPG Mighty Blade – 3ª Edição

Postado em Atualizado em

MB3ed

RPG é um jogo de interpretação de personagens, onde a interpretação de todos conta uma história feita coletivamente. Mighty Blade é um sistema de RPG de temática medieval, espada, magia e fantasia, criado por Tiago Junges. Sua 3ª Edição também conta com os autores Domênico Gay e Luciano Abel. Este RPG, 100% nacional, é editado e vendido pela Coisinha Verde. O cenário oficial de Mighty Blade é Drakon. O título do livro é o nome da espada mágica única mais poderosa de Drakon, só existe uma Mighty Blade em todo aquele mundo. Entretanto, utilizando as regras do sistema Mighty Blade, o mestre pode adaptar qualquer mundo de fantasia medieval, criar seu próprio mundo medieval de espada e magia ou mesmo, eliminando a parte mística, fantástica e mágica, jogar num cenário de idade média historicamente realista.
Leia o resto deste post »