Últimas notícias do evento

[Resenha#191] Nebula: Piratas de Marduk – Aventuras Espaciais Num Sistema de RPG Nacional

Postado em Atualizado em

nebulaEscrito por Tiago Junges e editado pela Coisinha Verde, Nebula: Piratas de Marduk é um RPG nacional com viagens espaciais. O sistema foi criado com o objetivo de construir cenários de ficção científica de colonizadores/exploradores do espaço, space opera, como 2001, Uma Odisseia no Espaço ou Star Trek, Jornada nas Estrelas.

Como todo bom RPG de temática específica, Nebula: Piratas de Marduk traz seu próprio cenário, que dá nome ao livro. Em Nebula, os jogadores interpretarão piratas espaciais do planeta Marduk. O mestre interpretará o agiota, os assassinos e as autoridades do sistema Tigris, tudo para impedir que a tripulação (jogadores) pague sua dívida e possa viver honestamente sua vida desonesta de contrabandistas com a nave quitada e bem equipada. Tudo isso com uma conspiração cyberpunk no pano de fundo, um charme a mais que complica ainda mais um pouco a vida de nossos anti-heróis.

Leia o resto deste post »

Anúncios

[Resenha #190] Bichos – A Violência Humana da Perspectiva Animal por Daniel Esteves, Alex Rodrigues e Al Stefano

Postado em Atualizado em

bichosgatoQuadrinhos sem palavras são mais comuns do que muitas pessoas pensam. Desde as primeiras tiras de jornais até hoje, muitos artistas conseguem contar uma história só com o uso de imagens em sequência. Imagine um texto onde fatos são narrados, mas que não mostra, em nenhum momento, as falas dos personagens. Uma história em quadrinhos sem palavras funciona do mesmo jeito. Quando há palavras, elas são parte do cenário ou das roupas e acessórios dos personagens. Ou seja, quadrinhos sem palavras possuem roteiros, e estes precisam ser muito bem detalhados para que o desenhista possa transformá-lo numa história que dispense o uso de letras para comunicar, até mesmo, os eventuais diálogos.

Comentar essas histórias é simplesmente arriscar uma narração do que aconteceu ao longo dos quadros, o que, no caso, é estragar a experiência do leitor (ou seria espectador) do quadrinho. Logo, deixo aqui um alerta de eventuais spoilers. Se você se interessou, e não quer arriscar, a revista está a venda em algumas gibiterias digitais e no próprio site da Zapata Edições (http://zapataedicoes.com.br/); R$15,00 +frete. Observação, no site da editora a capa em destaque é a do cachorro.

Spoiler Alert!

Leia o resto deste post »

Um Grupo no Facebook Pede: Panini, Completa Astro City

Postado em Atualizado em

ssgJá escrevi muito sobre a série de quadrinhos Astro City por aqui. Quem quiser pode digitar “Astro City” no campo de pesquisa deste blog para ver, mas espere! Leia este post até o fim antes.

Leia o resto deste post »

[Resenha#189] Zoeira na Idade Média com o RPG Advanced Malditos Goblins

Postado em Atualizado em

aMgEscrito por Tiago Junges e editado pela Coisinha Verde, Advanced Malditos Goblins é um RPG satírico onde os jogadores interpretam goblins fracotes criados aleatoriamente em um típico cenário medieval. A versão simples do sistema pode ser baixada gratuitamente (http://coisinhaverde.com.br/jogos/).

Possui temática e cenários específicos, malditos goblins num mundo (ou tempo) medieval. Todos os personagens jogadores são goblins e todos são criados aleatoriamente, uma proposta bem divertida. O jogador precisará do manual, de um grupo de amigos, uma mesa, alguém disposto a ser o mestre, papel, lápis, borracha, dados comuns de 6 faces achados em qualquer papelaria, Banco Imobiliário, Ludo e Ludo Real etc. e muita disposição para se divertir.

Leia o resto deste post »

[Resenha #188] Astro City – Volume 8 – Estrelas Brilhantes

Postado em Atualizado em

AstroCity8Bem-vindo a Astro City!

Astro City volume 8: Estrelas Brilhantes chegou às bancas do Rio de Janeiro em seis de julho de 2018. Com texto de Kurt Busiek, arte de Brent Anderson, concepção visual dos personagens e capas de Alex Ross. A revista chega pela editora Panini, com capa cartão, formato americano, lombada quadrada, 210 páginas, R$ 30,90. Não está fácil para ninguém, eu sei, mas vale cada centavo MESMO.

“Preciso ler os anteriores para entender este?”
Não, você não precisa ler nenhum dos anteriores para entender este. Nem mesmo os volumes 7 e 6 que mostram parte da história do Agente de Prata precisam ser lidos obrigatoriamente.

Leia o resto deste post »

Aos Leitores do LK, Estamos Afastados, Mas Ativos

Postado em Atualizado em

Leitores do LK, estamos sumidos, eu sei, mas, na medida do possível, voltaremos. Eu, sempre que posso, faço umas atualizações e revisões em meus posts mais antigos. Não mudo o que escrevi, só corrijo eventuais erros e coloco links ou atualizações. Para os que nunca vieram para cá, favor fazer uma maratona, temos tiras e muitas dicas de leitura comentadas. Para os que costumam vir para cá, observem que alguns de meus posts antigos tiveram atualizações.

Obrigado pela atenção, beijos e abraços,

Rodrigo Rosas Campos

Sin City de Frank Miller, a Série de Quadrinhos de Ação Policial no Brasil

Postado em Atualizado em

SC1Desaconselhável para menores de 18 anos.

A série Sin City está nas ruas e está completa pela editora Devir pela segunda ou terceira vez, apesar dos dois filmes deploráveis. Mas vivemos tempos difíceis e, se a grana estiver curta para comprar livros novos, vou falar aqui sobre as opções mais antigas dessa série de minisséries de quadrinhos policiais, suspense e ação escrita e desenhada por Frank Miller que foram publicadas aqui no Brasil.

Falarei primeiro das edições antigas; depois sobre as histórias de cada volume tendo por base a atual publicação da Devir.

Leia o resto deste post »

Garimpando Em Gibiterias: Bem-vindo a Astro City, volume 5, Heróis Locais – Os Melhores Pontos Turísticos para Quem Nunca Visitou Astro

Postado em Atualizado em

AstroCity5O mercado de quadrinhos no Brasil é muito fraco, sejamos honestos. Lá fora, grandes obras permanecem em catálogo permanente tal como livros clássicos. Os editores de quadrinhos nacionais são bem imediatistas e até mesmo obras como Watchmen e Maus ficam difíceis de encontrar de tempos em tempos. A série “Garimpando em Gibiterias” fala de quadrinhos que valem a pena “garimpar” em gibiterias, sebos, estoques antigos de livrarias virtuais, feiras de livros e, se a grana estiver muito curta mesmo, em bibliotecas públicas. Sim, existem quadrinhos em bibliotecas públicas, é só procurar.

A pedra garimpada hoje é Astro City, volume 5, Heróis Locais, escrito por Kurt Bisiek, com desenhos de Brent Anderson, concepções visuais de personagens e capas de Alex Ross; este volume tem os melhores pontos turísticos para quem nunca visitou, ou melhor, leu, a série Astro City. São 8 histórias completas em um volume desse novo universo autoral de super-heróis. Este volume foi publicado pela Panini no Brasil.

Leia o resto deste post »

O Velho Hippie#52

Imagem Postado em Atualizado em

oVelhoHippie43