Não Ficção

Leitura Recomendada: Maus de Art Spiegelman

Postado em Atualizado em

mausFalar de certos livros e elogiá-los é como chover no molhado. São obras que já foram lidas, relidas, comentadas, resenhadas e recomendadas inúmeras vezes. Mais uma resenha de um desses livros não faria a menor diferença. Entretanto são leituras que não podem deixar de serem recomendadas. São livros fundamentais. Esta série, Leitura Recomendada, trará alguns desses livros em periodicidade indefinida. Sempre acompanhada de uma frase ou paráfrase ou citação para mostrar aos que seguirem a recomendação que o livro recomendado foi realmente lido por quem recomenda.

Não se preocupe, não se trata de spoiler, mas de algo que só os leitores entenderão.

A leitura recomendada de hoje é Maus de Art Spiegelman.

Frase, paráfrase ou citação: “Amigos? Seus amigos?… se trancar elas em quarto sem comida por um semana… …aí ia ver o que é amigo!…” (Spiegelman, 2005, página 6).

Boas leituras!

Rodrigo Rosas Campos

Anúncios

[RESENHA#180]Stephen King – A Biografia: Coração Assombrado, de Lisa Rogak

Postado em Atualizado em

capa-stephen-king-aniversario-darkside-books
Título: 
Stephen King – A Biografia: Coração Assombrado

Autor: Lisa Rogak
ISBN:  9788594540393
Ano:  2017
Páginas:  320
Editora:  Darkside Books
Informações: Skoob Goodreads
Compre aqui: Submarino Saraiva Cultura Amazon

Sinopse: Nesta obra indicada ao Prêmio Edgar Allan Poe de Melhor Biografia, a jornalista Lisa Rogak nos conduz, com rigor e pesquisa, pelo universo peculiar de Stephen King. Reconstitui sua infância difícil — marcada pela ausência do pai, que estranhamente se conecta com o Brasil —, revela suas angústias e seus medos mais profundos como autor, resgata os primeiros contatos do jovem King com a escrita e sua luta contra a dependência química.
Uma saga impressionante da pobreza à fortuna, da solidão à consagração. STEPHEN KING — A BIOGRAFIA: CORAÇÃO ASSOMBRADO é uma aula sobre como encarar os monstros da vida real e dominá-los na ficção.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#125] Meu Amigo Dahmer, de Derf Backderf

Postado em Atualizado em

 

timthumb.png
Título: 
Meu Amigo Dahmer

Autor: Derf Backderf
ISBN: 9788594540355
Ano: 2017 
Páginas: 288
Editora: DarkSide Books
Informações: Skoob Goodreads
Compre aqui: Submarino Saraiva Cultura Amazon

Sinopse: MEU AMIGO DAHMER traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete. Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.
Além de remexer nos seus velhos cadernos e álbuns de fotografia, Derf consultou seus amigos de adolescência, antigos professores, os arquivos do FBI e a cobertura da mídia após a descoberta de seus crimes antes de roteirizar MEU AMIGO DAHMER.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#106] Amityville , de Jay Anson

Postado em Atualizado em

timthumb.png
Título:
Amityville 

Autor: Jay Anson
ISBN: 9788594540126
Ano: 2016
Páginas: 240
Editora: DarkSide® Books
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Depois de passar algumas décadas fechada, a propriedade no número 112 da Ocean Avenue no subúrbio de Nova York finalmente abre as portas para os leitores da DarkSide® Books. Cercada pela natureza, com janelas amplas e uma sacada espaçosa, ela poderia ser uma casa de bairro tranquila como todas as outras, não fosse seu passado devastador e sangrento. Em 1975, George e Kathleen Lutz resolveram recomeçar a vida em uma nova residência que compraram por uma pechincha. Vinte e oito dias depois, os cinco membros da família fugiram aterrorizados, deixando a maior parte de seus pertences para trás. Estranhos eventos começaram a acontecer, afetando a vida dos Lutz e indicando que uma presença maligna habitava a casa. Embora tenha sido amplamente divulgada pela mídia, em especial nos jornais e nas revistas da época, muitas vezes de maneira sensacionalista, a história da casa nunca havia sido contada com riqueza de detalhes — até Jay Anson decidir reconstruí-la e transformar seu livro de não-ficção em um dos relatos paranormais mais importantes e conhecidos de todos os tempos.
Baseado nas experiências sobrenaturais reportadas pelos Lutz durante o mês de dezembro de 1975 e o começo de janeiro de 1976, Amityville é um dos livros mais aguardados pelos leitores da Caveirinha. Por isso mesmo, muito mais do que dar apenas aquela demão de tinta, a DarkSide® Books vai fazer uma reforma completa na casa, apresentando a sombria construção em detalhes, do quarto secreto no porão às verdadeiras manchas nas portas e nas paredes escondidas pelas tintas do tempo — tudo exatamente como aconteceu, com todos as entidades e vozes que habitaram o sótão, o porão e demais cômodos da casa —, em uma edição assustadora e com o cuidado quase sobrenatural da editora mais dark do Brasil. Adaptada várias vezes para o cinema e contando também com diversos spin-offs, a história de Amityville hoje é amplamente conhecida e é considerada um dos mais importantes relatos sobre casas mal-assombradas da cultura popular. Leia o resto deste post »

[RESENHA#104] Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel? , de Ilana Casoy

Postado em Atualizado em

download.jpg
Título:
Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel?

Autor: Ilana Casoy
ISBN: 9788566636284
Ano: 2014
Páginas: 360
Editora: DarkSide® Books
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui:  Saraiva 

Sinopse:  A primeira parte de Louco ou Cruel? aborda os serial killers sob diversos aspectos e à luz da criminologia, do direito, da psiquiatria e da psicologia, e dedica-se a dissecar esse universo, analisando como tudo começa, quem são as vítimas, os aspectos gerais e psicológicos, os mitos e as crenças, o perfil do criminoso, a psicologia investigativa, a encenação/organização da cena e a análise do local do crime.
Na segunda parte do livro, Casoy apresenta em detalhes 16 casos de serial killers que chocaram e marcaram o século XX, entre eles Aileen Wuornos, Albert Fish, Andrei Chikatilo, Ed Gein, Jeffrey Dahmer, Ted Bundy e o Zodíaco, cuja identidade segue desconhecida até hoje. Histórias que habitam as entranhas da humanidade e o que ela tem de pior: perversidade, frieza e falta de sensibilidade que acabam por produzir o mal em escalas inimagináveis.
Leia o resto deste post »

[Resenha#86] O Beijo No Asfalto

Postado em Atualizado em

obeijonoasfalto O Beijo no Asfalto é uma das mais polêmicas e conhecidas peças de Nelson Rodrigues. Se passa na década de 1960, quando foi encenada pela primeira vez e hoje, em plena era da informação instantânea, das redes sociais e do cyber bulling, é mais atual do que nunca.

Arandir presencia um atropelamento. O último desejo do atropelado moribundo é um beijo na boca. Não há tempo de chamar outra pessoa e Arandir beija o homem para realizar-lhe o seu último desejo.

Mas havia um repórter no meio da multidão, o beijo foi fotografado e virou notícia nos jornais. Desde então, a vida de Arandir, casado, pacato cidadão típico, vira um inferno de difamações e calúnias.

Leia o resto deste post »

[RESENHA#8]O Nobre Deputado, de Márlon Reis

Postado em Atualizado em

NobreDeputado
Título:
O Nobre Deputado – Relato chocante (e verdadeiro) de como nasce, cresce e se perpetua um corrupto na política brasileira.
Autor: Márlon Reis
ISBN: 9788544100455
Ano: 2014
Páginas: 120
Editora: Leya
Informações: Skoob / goodreads

Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: A política é movida a dinheiro e poder. Dinheiro compra poder, e poder é uma ferramenta poderosa para se obter dinheiro. É disso que se trata as eleições – o poder arrecada o dinheiro que vai alçar os candidatos ao poder. Saiba que você não faz diferença alguma quando aperta o botão verde da urna eletrônica para apoiar aquele candidato oposicionista que, quem sabe, possa virar o jogo. No Brasil, não importa o Estado, a única coisa que vira o jogo é uma avalanche de dinheiro. O jogo é comprado, vence quem paga mais. Sempre foi assim e sempre será, pois os novatos que ingressam com ilusões de mudança são cooptados ou cuspidos pelo sistema.
Leia o resto deste post »