RPG

Erratas Possíveis das Fichas de Personagens Saltadores/Jumpers de Wild Cards/Cartas Selvagens para 3D&T

Postado em Atualizado em

Wildcards8A série Wild Cards/Cartas Selvagens é desaconselhável para menores de 18 anos!

Adaptação sem fins lucrativos:

Rodrigo Rosas Campos

Eu, Rodrigo Rosas Campos, errei feio, errei rude! Na verdade, a troca mental de Mega City para 3D&T corresponde exatamente ao poder dos saltadores descrito no livro 8 da série Wild Cards, publicada em 2017 pela Leya/Omelete.

Seguem as fichas corrigidas dos saltadores para o sistema 3D&T. Não se preocupem, as informações a seguir não podem ser consideradas spoilers!

Leia o resto deste post »

Anúncios

[Resenha #141] Wild Cards Livro 8 Luta de Valetes – a Entrada de Chris Claremont na Mesa de RPG de George R. R. Martin

Postado em Atualizado em

Wildcards8Desaconselhável para menores de 18 anos!

Você é maior de 18? Ok. Mas aviso: Este volume exige a leitura dos anteriores!

Alerta de spoilers eventuais!
É o oitavo volume de uma série de livros de romances mosaicos iniciada nos anos 1980, mas que nunca fora publicada em sua forma original no Brasil antes de 2013. Spoilers são, eventualmente, inevitáveis! Só a menção de personagens antigos já demonstra que eles não morreram até o volume 7. Esteja avisado(a)!

Leia o resto deste post »

[Resenha #95] Wild Cards – Livro 7

Postado em Atualizado em

Wildcards7

Desaconselhável para menores de 18 anos.

 Para os que não conhecem, Wild Cards é uma série de livros que conta a história de uma Terra paralela assolada pelo vírus alienígena Carta Selvagem.

Esse vírus pode: matar os infectados na hora (dama de espadas); transformá-los em monstros (os coringas) ou, em raríssimos casos, transformá-los em super-humanos sem efeitos colaterais (os Ases).

Leia o resto deste post »

[Resenha #92] Wild Cards livro 6

Postado em Atualizado em

Wildcards6Desaconselhável para menores de 18 anos!

Para os que não conhecem, Wild Cards é uma série de livros que conta a história de uma Terra paralela assolada pelo vírus alienígena Carta Selvagem. Esse vírus pode: matar os infectados na hora (dama de espadas); transformá-los em monstros (os coringas) ou, em raríssimos casos, transformá-los em super-humanos sem efeitos colaterais (os Ases).

O livro 6 mostra o senador Hartmann em plena campanha para presidente dos EUA em Atlanta, 1988. A situação é delicada, o preconceito racial contra negros e coringas é alto lá. Para piorar seu oponente mais forte é Leo Barnett, pastor que prega que o vírus Carta Selvagem é coisa do demônio e que os infectados devam ser caçados, presos e mortos em campos de concentração.

Leia o resto deste post »

[Resenha#89] RPG Mighty Blade – 3ª Edição

Postado em Atualizado em

MB3ed

RPG é um jogo de interpretação de personagens, onde a interpretação de todos conta uma história feita coletivamente. Mighty Blade é um sistema de RPG de temática medieval, espada, magia e fantasia, criado por Tiago Junges. Sua 3ª Edição também conta com os autores Domênico Gay e Luciano Abel. Este RPG, 100% nacional, é editado e vendido pela Coisinha Verde. O cenário oficial de Mighty Blade é Drakon. O título do livro é o nome da espada mágica única mais poderosa de Drakon, só existe uma Mighty Blade em todo aquele mundo. Entretanto, utilizando as regras do sistema Mighty Blade, o mestre pode adaptar qualquer mundo de fantasia medieval, criar seu próprio mundo medieval de espada e magia ou mesmo, eliminando a parte mística, fantástica e mágica, jogar num cenário de idade média historicamente realista.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#75] Um Chamado do Inferno, de André Gordirro

Postado em Atualizado em

51rQs5oLf3L._SY346_
Título:
Um Chamado do Inferno

Autor: André Gordirro
ISBN: B015HVSM5Q
Ano: 2015
Páginas: 10
Editora: Fábrica231
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Cultura / Amazon

Sinopse: “Zenibar, uma pérola negra em um mar escuro. Nas entranhas da Cordilheira dos Vizeus, a cidade dos svaltares — os elfos das profundezas — ocupava uma caverna colossal, uma mancha praticamente invisível no breu, que era rompido apenas ocasionalmente pela luz bruxuleante de braseiros e incensos, acesos por motivos místicos. Proteções, rituais, pactos — os svaltares invocavam poderes sobrenaturais para quase tudo no cotidiano de sua sociedade subterrânea. Mas o objetivo que levava Vragnar a entrar em sua câmara de conjuração não era nada mundano, como causar a morte de um desafeto ou reforçar a barreira mística de seus aposentos. Ele desejava entrar em contato com um demônio de outra dimensão.”
Um demônio em busca de vingança. Svaltares querendo conquistar o mundo. Neste spin-off de Os portões do inferno, conheça o lado mais perverso e temido dos seres que habitam Zândia e anseiam pelas trevas eternas. O nascimento da conspiração que fez surgir seis improváveis herois, os protagonistas das Lendas de Baldúria. Leia o resto deste post »

[MATÉRIA] RPGs online

Postado em Atualizado em

Não, essa lista não é de jogos de computador etc. baseados em RPGs, como Diablo, e cia., nem de MMORPGs, como o WoW. LoL etc. Esta lista é de RPGs de mesa, que você usa um livro, fichas, dados, imaginação, interpretação, amigos presentes de verdade e, eventualmente, miniaturas e tabuleiros para jogar.

Para os que já conhecem ou ouviram falar de RPG, uma observação importante: nesta lista, só constam sistemas de RPGs disponíveis para download gratuito, inteiramente ou em parte. Ninguém precisa do Google para se informar sobre os sistemas 100% pagos como GURPS, Vampiro etc. Leia o resto deste post »

[MATÉRIA] Adaptando Universos para Sistemas de RPG

Postado em Atualizado em

Introdução

t73det1

Você joga RPG, leu um livro, um gibi, viu um filme, adorou. Quer jogar naquele cenário. O que fazer? Bom, entenda a fonte do cenário, mas entenda a fonte muito bem. E entenda as regras do sistema que deseja usar, mas entenda essas regras muito bem. Leia o resto deste post »

[MÁTERIA] Por que Personagens Publicados e Famosos São Geralmente NPCs?

Postado em Atualizado em

Este tutorial usará o 3D&T como sistema, mas isso se mostra real na grande maioria dos sistemas existentes.

A maioria dos personagens publicados, mesmo aqueles que são criados para cenários de RPG, não são jogáveis. Personagens Não Jogadores, são exclusivos do mestre. NPCs, do inglês, Non Player Characters.

“Mas por quê isso acontece? No videogame eu jogo com meu herói preferido, Por que não posso jogar com ele no RPG?” Leia o resto deste post »

[MATÉRIA] Avançado em 3D&T

Postado em Atualizado em

Liberdade Para se Criar Regras Mecânicas Específicas de Acordo com o Cenário

As regras de 3D&T que definem o sistema estão em Defensores de Tóquio Terceira Edição Alpha: Manual 3D&T Alpha Edição Revisada, ou, simplesmente, Manual 3D&T Alpha. A partir delas, cada cenário poderá acrescentar regras mecânicas próprias.

A prova e melhor exemplificação para o fato está na diferença entre as regras divergentes de Tormenta e Mega City para identidade secreta.

Se o grupo está jogando em Tormenta, identidade secreta é uma vantagem que permite ao personagem ocultar melhor sua identidade e intenções reais de outros personagens.

Se o grupo está jogando em Mega City, identidade secreta é uma desvantagem do grupo segredo, ou seja, o jogador deve se esforçar para manter o nome real de seu personagem em sigilo. O personagem não quer que seu nome real venha a público, pois a vida e segurança de seus entes queridos ficaria ameaçada se isso acontecesse.

Tormenta é um cenário de aventura medieval de espada e magia, Mega City é um cenário de super-heróis num mundo atual. Tal diferença é necessária. Leia o resto deste post »