Quadrinhos

Garimpando Em Gibiterias: Recruta Zero e Sua Retomada nos Mensais de Bancas

Postado em Atualizado em

rzmyt1O mercado de quadrinhos no Brasil é muito fraco, sejamos honestos. Lá fora, grandes obras permanecem em catálogo permanente tal como livros clássicos. Os editores de quadrinhos nacionais são bem imediatistas e até mesmo obras como Watchmen e Maus ficam difíceis de encontrar de tempos em tempos. A série “Garimpando em Gibiterias” fala de quadrinhos que valem a pena “garimpar” em gibiterias, sebos, estoques antigos de livrarias virtuais, feiras de livros e, se a grana estiver muito curta, em bibliotecas públicas. Sim, existem quadrinhos em bibliotecas públicas, é só procurar.

As pedras garimpadas de hoje são Recruta Zero 1, 2 e 3, de Mort Walker, 2006 até 2007, pela editora Mythos.

Leia o resto deste post »

Anúncios

[Resenha #174] Os Sousa Estão de Volta em Dois Livros pela L&PM

Postado em Atualizado em

ossousadfTodos conhecemos e amamos a turminha do bairro do Limoeiro, Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali, o caipira Chico Bento e os personagens que figuram até hoje em suas páginas, como Tina, Astronauta, Penadinho, Bidu, Papa Capim e companhia. Mas o que poucas pessoas lembram é que, além desses personagens que brilham até hoje nos gibis da Turma da Mônica, Maurício de Sousa criou uma tira de jornal sobre a vida de casado. Para apresentar essa tira a uma nova geração de leitores, a L&PM lançou dois livros d´ Os Sousa.

Leia o resto deste post »

[Resenha #171] Nico Demo, Um Peste de Volta Em Dois Livros pela L&PM – O Humor Politicamente Incorreto de Maurício de Sousa

Postado em Atualizado em

ndaveAtenção leitores e leitoras mais sensíveis: O Humor é Politicamente Incorreto até Para Época do Lançamento Original.

Todos conhecemos e amamos a turminha do bairro do Limoeiro, Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali, o caipira Chico Bento e os personagens que figuram até hoje em suas páginas, como Tina, Horácio, Penadinho, Bidu, Piteco e companhia. Mas o que poucas pessoas lembram é que, além desses personagens que brilham até hoje nos gibis da Turma da Mônica, Maurício de Sousa criou uma tira de jornal sem balões de fala com um moleque capeta vestido de terninho. Não se deixe enganar por esse visual engomadinho, Nico Demo é considerado o precursor brasileiro de Bart Simpson.

Leia o resto deste post »

Garimpando Em Gibiterias: Cowabunga! A Sina de Incompletude de Uma Série de Quadrinhos no Brasil – Tartarugas Ninja, Originais MESMO!

Postado em Atualizado em

tmntAlerta de Spoilers!

Se você, leitor, prefere, conscientemente, os desenhos animados etc., este quadrinho não é para você.

Desaconselhável para bazingueiros e para leitores que acham que heróis não podem matar!

O mercado de quadrinhos no Brasil é muito fraco, sejamos honestos. Lá fora, grandes obras permanecem em catálogo permanente tal como livros clássicos. Os editores de quadrinhos nacionais são bem imediatistas e até mesmo obras como Watchmen e Maus ficam difíceis de encontrar de tempos em tempos. A série “Garimpando em Gibiterias” fala de quadrinhos que valem a pena “garimpar” em gibiterias, sebos, estoques antigos de livrarias virtuais, feiras de livros e, se a grana estiver muito curta, em bibliotecas públicas. Sim, existem quadrinhos em bibliotecas públicas, é só procurar.

A pedra garimpada hoje é Tartarugas Ninja – Volume 1 – A Primeira Aventura, de Kevin Eastman e Peter Laird, publicado no Brasil pela Devir em 2007. Sim, eles surgiram nos quadrinhos independentes e não naquele primeiro desenho animado (que ainda é o) mais famoso. Sim, a publicação original é em preto e branco.

Leia o resto deste post »

Garimpando Em Gibiterias: O Nada e Mais Alguma Coisa de Wood Allen e Stuart Hample

Postado em Atualizado em

wanmaccO mercado de quadrinhos no Brasil é muito fraco, sejamos honestos. Lá fora, grandes obras permanecem em catálogo permanente tal como livros clássicos. Os editores de quadrinhos nacionais são bem imediatistas e até mesmo obras como Watchmen e Maus ficam difíceis de encontrar de tempos em tempos. A série “Garimpando em Gibiterias” fala de quadrinhos que valem a pena “garimpar” em gibiterias, sebos, estoques antigos de livrarias virtuais, feiras de livros e, se a grana estiver muito curta, em bibliotecas públicas. Sim, existem quadrinhos em bibliotecas públicas, é só procurar. Nesse caso, a biblioteca de um amigo!

A pedra garimpada hoje é O Nada e Mais Alguma Coisa de Wood Allen (textos) e Stuart Hample (arte); esta edição é de 1982 da L&PM. De todas as pedras garimpadas até hoje é a mais difícil de encontrar. Ainda estou procurando. Fica a dica L&PM!

Leia o resto deste post »

Garimpando Em Gibiterias Especial: Quando Zero é 10 – O Melhor do Recruta Zero 1 e 2 de Mort Walker pela L&PM Pocket

Postado em Atualizado em

zerlpm1O mercado de quadrinhos no Brasil é muito fraco, sejamos honestos. Lá fora, grandes obras permanecem em catálogo permanente tal como livros clássicos. Os editores de quadrinhos nacionais são bem imediatistas e até mesmo obras como Watchmen e Maus ficam difíceis de encontrar de tempos em tempos. A série “Garimpando em Gibiterias” fala de quadrinhos que valem a pena “garimpar” em gibiterias, sebos, estoques antigos de livrarias virtuais, feiras de livros e, se a grana estiver muito curta, em bibliotecas públicas. Sim, existem quadrinhos em bibliotecas públicas, é só procurar.

Ok, o conteúdo desses dois volumes está (ou deve estar) na edição mais recente da Pixel. Recruta Zero é uma das raras exceções que, ao menos a cada cinco anos, encontra editores e editoras sempre dispostos a republicá-lo no Brasil. Porém não posso deixar passar em branco uma homenagem, ainda que tardia, a Mort Walker, criador do Recruta Zero, falecido recentemente. A pedra garimpada hoje são os dois volumes de O Melhor do Recruta Zero, pela editora L&PM da coleção L&PM Pocket.

Leia o resto deste post »

Asgard, um Multiverso nos Quadrinhos

Postado em Atualizado em

tNorseMyRodrigo Rosas Campos

Um dos tópicos levantados pelo livro Marvel Comics a História Secreta de Sean Howe é a criação do Thor nos quadrinhos da Marvel. Antes de mais nada, vamos deixar uma coisa bem clara: toda mitologia (seja grega, nórdica etc.) é de domínio público. Logo, apesar do Thor da Marvel ser uma marca registrada, qualquer um pode se basear no deus do trovão mítico e criar suas próprias histórias, ou adaptar as histórias dos mitos. Outra coisa a ser destacada é que Howe parece ignorar que editoras menores já haviam publicado histórias com os deuses de Asgard antes do Thor de Jack Kirby na DC, mencionado por ele mesmo na nota de rodapé do livro, página 280. Mas vamos começar do começo:

Leia o resto deste post »

[Resenha #154] Dias de Horror: Um Neto de Watchmen Made In Brazil

Postado em Atualizado em

DHcapaMDesaconselhável para menores de 18 anos!

Dias de Horror é uma graphic novel de super-heróis made in Brazil. Feita pelos profissionais agenciados pelo Chiaroscuro Studios, que trabalham para editoras estadunidenses como DC, Marvel, Dark Horse, Titan Comics etc. É uma história fechada em edição única que traz novos personagens e um novo universo, portanto, qualquer um pode ler: desde o novato em quadrinhos, o novato em super-heróis (mais especificamente), ou mesmo um leitor casual. Não é necessária nenhuma leitura prévia para o entendimento e não será necessária nenhuma leitura posterior, pois se trata de uma história verdadeiramente completa.

Leia o resto deste post »

Uma Pergunta Pertinente: Panini, Quando Sairá Astro City volume 7? Saiu!

Postado em Atualizado em

AstroCity6

Atualizando: Astro City 7 saiu no Rio de Janeiro em 02/04/2018. Assim que for possível, resenha e garimpo de gibis serão publicados aqui.

Mantenho, aqui, o registro do atraso.

De todos os encadernados da série Astro City, o único que não tem uma história fechada em si mesma é o volume 6. Ele traz as duas primeiras partes de A Era das Trevas, que originalmente teve 4 partes de 4 edições cada. Lá fora, essa série precisou de dois encadernados. Aqui, a Panini publicou o primeiro em 2016, quando, nos EUA, a série de Kurt Busiek, Brent Anderson e Alex Ross já estava sendo publicada (e republicada) no selo Vertigo (da DC).

Leia o resto deste post »

Garimpando Em Gibiterias: Cartas Selvagens da Epic pela Editora Globo

Postado em Atualizado em

CartasSelvagensHQEncO mercado de quadrinhos no Brasil é muito fraco, sejamos honestos. Lá fora, grandes obras permanecem em catálogo permanente tal como livros clássicos. Os editores de quadrinhos nacionais são bem imediatistas e até mesmo obras como Watchmen e Maus ficam difíceis de encontrar de tempos em tempos. A série “Garimpando em Gibiterias” fala de quadrinhos que valem a pena “garimpar” em gibiterias, sebos, estoques antigos de livrarias virtuais e, se a grana estiver muito curta, em bibliotecas públicas. Sim, existem quadrinhos em bibliotecas públicas, é só procurar.

A pedra garimpada de hoje é Cartas Selvagens da Epic que saiu pela editora Globo aqui no Brasil.

Leia o resto deste post »