Distopia

Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 12 – Eu Sei Escolhê-las de Lawrence Block, Parte 13 – A Garota no Espelho (ou a versão da Murta que Geme) de Lev Grossman & Parte 14 – Segundo Arabesque, Muito Lentamente de Nancy Krees

Postado em Atualizado em

MPRodrigo Rosas Campos

Resolvi postar três partes (contos) do projeto Mulheres Perigosas de uma vez. O primeiro conto abordado hoje segue a melhor, ou pior, tradição de crimes de mundo cão, ou, em termos mais familiares a nós, brasileiros, a vida como ela é… Ele me obriga MESMO a deixar este aviso: desaconselhável para menores de 18 anos.

Leia o resto deste post »

[RESENHA#116] Fahrenheit 451, de Ray Bradbury

Postado em Atualizado em

images.livrariasaraiva.com.br
Título:
Fahrenheit 451
Autor: Ray Bradbury
ISBN: 9788525052247
Ano: 2012
Páginas: 216
Editora: Biblioteca Azul
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Imagine uma época em que os livros configurem uma ameaça ao sistema, uma sociedade onde eles são proibidos. Para exterminá-los, basta chamar os bombeiros – profissionais que outrora se dedicavam à extinção de incêndios, mas que agora são os responsáveis pela manutenção da ordem, queimando publicações e impedindo que o conhecimento se dissemine como praga. Para coroar a alienação em que vive essa nova sociedade, as casas são dotadas de televisores que ocupam paredes inteiras de cômodos, e exibem “famílias” com as quais se pode dialogar, como se estas fossem de fatos reais.
Este é o cenário em que vive Guy Montag, bombeiro que atravessa séria crise ideológica. Sua esposa passa o dia entretida com seus “parentes televisivos”, enquanto ele trabalha arduamente. Sua vida vazia é transformada quando ele conhece a vizinha Clarisse, uma adolescente que reflete sobre o mundo à sua volta e que o instiga a fazer o mesmo. O sumiço misterioso de Clarisse leva Montag a se rebelar contra a política estabelecida, e ele passa a esconder livros em sua própria casa. Denunciado por sua ousadia, é obrigado a mudar de tática e a buscar aliados na luta pela preservação do pensamento e da memória.
Um clássico de Ray Bradbury, “Fahrenheit 451” é não só uma crítica à repressão política mas também à superficialidade da era da imagem, sintomática do século XX e que ainda parece não esmorecer.
Leia o resto deste post »

[Review] Quadrinópole #08: Um Mix de Autores Nacionais

Postado em Atualizado em

Recomendado para maiores de 18 anos. Contém equadrinhopoles8rotismo e violência!

A revista Quadrinhópole foi uma publicação independente de quadrinhos que trazia um mix de escritores e ilustradores nacionais em cada edição. Durou apenas 9 edições aos trancos e barrancos, apesar de várias parcerias de peso entre seus colaboradores. Sua história e legado podem ser conferidos no site oficial da revista (https://quadrinhopole.com).

Leia o resto deste post »

[Resenha #95] Wild Cards – Livro 7

Postado em Atualizado em

Wildcards7

Desaconselhável para menores de 18 anos.

 Para os que não conhecem, Wild Cards é uma série de livros que conta a história de uma Terra paralela assolada pelo vírus alienígena Carta Selvagem.

Esse vírus pode: matar os infectados na hora (dama de espadas); transformá-los em monstros (os coringas) ou, em raríssimos casos, transformá-los em super-humanos sem efeitos colaterais (os Ases).

Leia o resto deste post »

[Resenha #92] Wild Cards livro 6

Postado em Atualizado em

Wildcards6Desaconselhável para menores de 18 anos!

Para os que não conhecem, Wild Cards é uma série de livros que conta a história de uma Terra paralela assolada pelo vírus alienígena Carta Selvagem. Esse vírus pode: matar os infectados na hora (dama de espadas); transformá-los em monstros (os coringas) ou, em raríssimos casos, transformá-los em super-humanos sem efeitos colaterais (os Ases).

O livro 6 mostra o senador Hartmann em plena campanha para presidente dos EUA em Atlanta, 1988. A situação é delicada, o preconceito racial contra negros e coringas é alto lá. Para piorar seu oponente mais forte é Leo Barnett, pastor que prega que o vírus Carta Selvagem é coisa do demônio e que os infectados devam ser caçados, presos e mortos em campos de concentração.

Leia o resto deste post »

[RESENHA#68] Quatro, de Veronica Roth

Postado em Atualizado em

Divergente quatro.jpg
Título:
 Quatro

Autor: Veronica Roth
ISBN: 9788579802218
Ano: 2014
Páginas: 272
Editora: Rocco
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Reunindo quatro histórias da série Divergente contadas da perspectiva do personagem Tobias, e três cenas exclusivas, Quatro Histórias da série Divergente oferece aos fãs da saga criada por Veronica Roth a chance de conhecer melhor a personalidade de um personagem fascinante e complexo e a chance de mergulhar mais fundo na sociedade dividida em facções criada pela autora. Com mais de 21 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, a série Divergente chegou aos cinemas com Shailene Woodley e Theo James nos papéis principais. Leia o resto deste post »

[RESENHA#38]Área Cinzenta: Controle de Imigração Alienígena

Postado em Atualizado em

ac2000ad
Desaconselhável para menores de 18 anos.

Área Cinzenta é uma série de histórias publicada originalmente na revista britânica 2000 AD. No Brasil, teve seu início publicado na revista Juiz Dredd Megazine. Agora, a Mythos relança o que já publicou junto com a parte que ficou inédita nesse encadernado.

Criada por Dan Abnett (texto) e Karl Richardson (arte), a série narra a história de uma Terra que teve seu primeiro contato com alienígenas de forma desastrosa. Acontece que, para garantir que os terrestres os entenderiam, os alienígenas espalharam um vírus na atmosfera terrestre. O vírus matou muitas pessoas, mas garantiu aos sobreviventes infectados a capacidade de entender e falar qualquer idioma do universo e de transmitir esse poder aos descendentes. Este dia ficou marcado como o dia da saudação e os infectados e seus descendentes passaram a ser conhecidos como os saudados. Leia o resto deste post »