Darkside

[RESENHA#180]Stephen King – A Biografia: Coração Assombrado, de Lisa Rogak

Postado em Atualizado em

capa-stephen-king-aniversario-darkside-books
Título: 
Stephen King – A Biografia: Coração Assombrado

Autor: Lisa Rogak
ISBN:  9788594540393
Ano:  2017
Páginas:  320
Editora:  Darkside Books
Informações: Skoob Goodreads
Compre aqui: Submarino Saraiva Cultura Amazon

Sinopse: Nesta obra indicada ao Prêmio Edgar Allan Poe de Melhor Biografia, a jornalista Lisa Rogak nos conduz, com rigor e pesquisa, pelo universo peculiar de Stephen King. Reconstitui sua infância difícil — marcada pela ausência do pai, que estranhamente se conecta com o Brasil —, revela suas angústias e seus medos mais profundos como autor, resgata os primeiros contatos do jovem King com a escrita e sua luta contra a dependência química.
Uma saga impressionante da pobreza à fortuna, da solidão à consagração. STEPHEN KING — A BIOGRAFIA: CORAÇÃO ASSOMBRADO é uma aula sobre como encarar os monstros da vida real e dominá-los na ficção.
Leia o resto deste post »

Anúncios

[RESENHA#170]Black Hole, de Charles Burns

Postado em Atualizado em

51qqTq5NMbL._SX349_BO1,204,203,200_
Título: 
Black Hole

Autor: Charles Burns
ISBN:  9788594540515
Ano:  2017
Páginas:  368
Editora:  Darkside Books
Informações: Skoob Goodreads
Compre aqui: Submarino Saraiva Cultura Amazon

Sinopse: Vencedor do The Will Eisner Comic Industry Awards de Melhor Álbum, além do Récompense Les Essentiels d’Angoulême, Black Hole é a mais importante graphic novel de Charles Burns. Publicada de forma seriada durante uma década, foi reunida em 2005 para aclamação mundial e reforçou o lugar do artista como o mestre dos quadrinhos independentes de horror. Agora, orgulhosamente inaugura a publicação de clássicos dos quadrinhos pela DarkSide Graphic Novel. O persistente horror existencialista da obra de Charles é composto apenas pelo trabalho em pincel, de alto contraste em branco e preto, que presta homenagem ao horror sutil dos primeiros filmes do gênero e desde cedo tornou-se um dos estilos mais reconhecidos de toda a arte sequencial contemporânea, instantaneamente familiar assim que é visto em alguma antologia ou na capa de revistas, como The Belivier e The New Yorker. Black Hole se passa nas cercanias de Seattle, extremo noroeste dos EUA, em meados da década de 70, quando uma doença inconfiável e inominável espalha-se entre os adolescentes locais através do contato sexual e parece não poupar ninguém. Ela expressa-se de formas diferentes em cada um dos contaminados, enquanto alguns apresentam apenas manchas na pele, algo fácil e sutil de ocultar, outros transformam-se em aberrações grotescas, vagas lembranças do que foram um dia. E uma vez que você foi contaminado não há mais volta. Para esses seres monstruosos não há alternativa além do auto-exílio em acampamentos precários, na floresta que circunda a região. Conforme vamos nos familiarizando com os diversos personagens principais da história, garotas e garotos que foram contaminados, outros que não foram e aqueles que estão prestes a ser, o clima de delírio, horror e insanidade domina os adolescentes. Black Hole apresenta um retrato arrogante e inquietante da alienação dos tempos colegiais, repleto de crueldade e selvageria, e hormônios à flor da pele, que conversa com a angústia, o tédio e as necessidades mais profundas da nossa própria aceitação que dominam essa época da vida. Aterrador e hipnótico, a graphic novel que consagrou Charles Burns supera seu gênero ao explorar com habilidade um momento cultural específico americano, quando não era mais interessante ser hippie e David Bowie ainda era um pouco estranho para esses jovens, a liberdade sexual começava a transformar-se num pesadelo e a vida adulta cobrava seu custo pelos traumas reais da infância, traumas da perda e da sensação de absurdo existencial. Isso sem falar de chifres nascendo, fendas abrindo-se e alterando sua pele para sempre e rabos aparecendo… Leia o resto deste post »

[RESENHA#157] Creepshow, de Stephen King

Postado em Atualizado em

Creepshow_Plume

Título: Creepshow
Autor: Stephen King
ISBN: 9788594540638
Ano: 2017
Páginas: 65
Editora: DarkSide Books
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: É o sonho de todos os fãs: Stephen King na DarkSide® Books! Depois do relançamento
especial de Coração Assombrado, A Biografia do mestre, precisávamos de um texto com sua assinatura inconfundível. E desenterramos uma de suas publicações mais originais. É com prazer mórbido que a DarkSide® Graphic Novel anuncia o lançamento de Creepshow, a primeira hq escrita pelo autor. Tudo começou em 1982. King juntou forças com outro gênio das sombras, o diretor George A. Romero (A Noite dos Mortos-Vivos), para realizarem um filme inspirado em quadrinhos clássicos dos anos 1950, como Contos da Cripta, da EC Comics. O longa-metragem marcou a estreia de King como roteirista — e, curiosamente, sua segunda aparição como ator. Creepshow (que no Brasil ganhou o subtítulo Show de Horrores) se tornaria um cult movie instantâneo. E no mesmo ano Stephen King quis deixar ainda mais explícita sua homenagem à fonte original. Assim, ele adaptou seu roteiro de cinema para os quadrinhos, contando com a arte do magistral Bernie Wrightson, um dos criadores e primeiro ilustrador de O Monstro do Pântano, e capa de Jack Kamen, autor da EC Comics. A história em quadrinhos era a maneira perfeita para os fãs reviverem todos os pesadelos do filme em casa. Trinta e cinco anos depois, você pode fazer o mesmo — até porque o mais provável é que sua fita vhs já esteja desmagnetizada. Creepshow reúne cinco histórias de arrepiar, duas delas adaptadas de contos que King já havia publicado: “Weeds” e “The Crate”. Usando um decrépito narrador morto-vivo, o autor de It, a Coisa e Torre Negra soube recriar o clima dos gibis malditos que o assustavam quando ainda era um adolescente rebelde no estado do Maine. Como todos os títulos da DarkSide® Graphic Novel, Creepshow tem uma edição em capa dura pra você guardar para sempre, com todo orgulho. Stephen King é o rei. Já escreveu mais de cinquenta livros — quantos deles você já leu? Vendeu mais de 300 milhões de livros e coleciona mais de 50 prêmios por suas obras. Seu nome está no Guinness Book como o autor vivo com o maior número de adaptações para o cinema. E se você quer saber mais sobre ele, aproveite que a biografia Coração Assombrado acaba de ser relançada, comemorando os cinco anos da DarkSide® Books e 70 anos do mestre. Bernie Wrightson começou a carreira como ilustrador do jornal Baltimore Sun, quando tinha apenas 18 anos. Após conhecer o ídolo Frank Frazetta numa convenção em Nova York, decidiu se dedicar aos quadrinhos. Em 1968, já tinha publicado na Marvel e na DC Comics. Com o roteirista Len Wein, criou O Monstro do Pântano, personagem ícone dos quadrinhos. Outro de seus personagens, o Destino (de 1972), seria incorporado na saga Sandman, de Neil Gaiman, como um dos Perpétuos. Bernie nos deixou recentemente, em 18 março de 2017, e o último episódio da 7a temporada de The Walking Dead foi dedicado à sua memória.


Leia o resto deste post »

[RESENHA#133] Fragmentos do Horror , de Junji Ito

Postado em Atualizado em

timthumb
Título:
Fragmentos do Horror

Autor: Junji Ito
ISBN: 9788594540362
Ano: 2017 
Páginas: 224
Editora: DarkSide® Books
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Mestre do terror em quadrinhos, Junji Ito combina o surrealismo e o escatológico em suas histórias. O resultado é sempre bizarro, mas ainda assim — ou quem sabe até por isso mesmo belo. Se você tem coragem (e estômago), não pode perder Fragmentos do Horror, primeiro livro de mangá publicado pela DarkSide® Books. Fragmentos do Horror é uma coleção de histórias curtas, perfeitas para quem quer experimentar o que essa mente tão delirante é capaz de produzir. Ito-san oferece ao leitor nove encontros com o desconhecido. Cada quadrinho pode ser fatal, cuidado! Entre as histórias da coletânea, temos uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes. Uma turma de dissecação com um assunto nada comum. Um funeral em que os mortos definitivamente não são postos para descansar. Variando do aterrorizante ao cômico, do erótico para o repugnante, essas histórias apresentam o retorno de Junji Ito há muito aguardado para o mundo do horror. Fragmentos do Horror faz parte da nova coleção DarkSide® Graphic Novel Tokyo Terror e, como todos os títulos da Caveirinha, vem numa caprichosa edição em capa dura. A tradução foi feita diretamente do japonês e a publicação segue a orientação original, da direita para a esquerda — como tem que ser. Leia o resto deste post »

[RESENHA#125] Meu Amigo Dahmer, de Derf Backderf

Postado em Atualizado em

 

timthumb.png
Título: 
Meu Amigo Dahmer

Autor: Derf Backderf
ISBN: 9788594540355
Ano: 2017 
Páginas: 288
Editora: DarkSide Books
Informações: Skoob Goodreads
Compre aqui: Submarino Saraiva Cultura Amazon

Sinopse: MEU AMIGO DAHMER traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete. Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.
Além de remexer nos seus velhos cadernos e álbuns de fotografia, Derf consultou seus amigos de adolescência, antigos professores, os arquivos do FBI e a cobertura da mídia após a descoberta de seus crimes antes de roteirizar MEU AMIGO DAHMER.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#123] Wytches, de Scott Snyder, Jock, Matt Hollingsworth e Clem Robins.

Postado em Atualizado em

timthumb (1).png
Título: 
Wytches

Autor: Scott Snyder(Roteiro), Jock(Arte), Matt Hollingsworth(cores) e Clem Robins(Letras)
ISBN: 9788594540379
Ano: 2017 
Páginas: 192
Editora: DarkSide Books
Informações: Skoob Goodreads
Compre aqui: Submarino Saraiva Cultura Amazon

Sinopse: Bruxas são criaturas muito mais perversas e diabólicas do que você poderia pensar — e, portanto, muito mais assustadoras. Ver uma é coisa rara; sobreviver a elas é mais raro ainda. É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade. Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo… e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso.
Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, WYTCHES é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as HQs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#69] The Heart Of Betrayal, de Mary E. Pearson

Postado em Atualizado em

The-Heart-of-Betrayal-Capa-01

Título: The Heart Of Betrayal
Autor: Mary E. Pearson
ISBN: 9788594540119
Ano: 2016
Páginas: 402
Editora: Darkside
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Em The Heart of Betrayal — Crônicas de Amor e Ódio v.2, Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de Venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela.
Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentiram. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade ainda habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, desconstroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperada com eles. Lutando com sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família… e seu próprio destino.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#13]A Noite dos Mortos Vivos e A Volta dos Mortos Vivos, de John Russo.

Postado em Atualizado em

timthumb
Título:
 A Noite dos Mortos Vivos e A Volta dos Mortos Vivos.
Autora: John Russo
ISBN: 9788566636215
Ano: 2014
Páginas: 320
Editora: DarkSide
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon
Sinopse: A DarkSide® desenterra mais um clássico do terror e vai direto na fonte: A Noite dos Mortos-Vivos, considerado uma das maiores obras-primas do gênero e um livro obrigatório para os fãs de The Walking Dead, Resident Evil, Orgulho e Preconceito Zumbi e tudo aquilo que englobe os carismáticos comedores de cérebros.
Se hoje os zumbis estão em alta é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-Vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-Vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana.
O próprio John Russo (que também atua no clássico de 1968 como um zumbi) adaptou a história do filme neste romance que a DarkSide® traz para o Brasil. A Noite dos Mortos-Vivos inclui ainda uma surpresa para os leitores: o texto integral da sequência do clássico, que nunca chegou a ser filmada, chamada de A Volta dos Mortos-Vivos (não vai confundir com a comédia trash de 1985, que também contou com Russo no time de roteiristas). Depois de 45 anos, finalmente é publicado no Brasil o romance do filme que marcou gerações. Leia o resto deste post »

[RESENHA#11]A Noiva Fantasma, de Yangsze Choo

Postado em Atualizado em

capa_noiva_fantasma
Título:
A Noiva Fantasma
Autora:
Yangsze Choo
ISBN: 9788566636277
Ano: 2015
Páginas: 360

Editora: DarkSide Books
Informações: Skoob / goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma…
1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto.
A Noiva Fantasma é o surpreendente romance de estreia de Yangsze Choo, a escritora de ascendência oriental que está encantando fãs por todo o mundo.
Por mais fantásticas que pareçam, as noivas fantasmas ainda resistem até hoje em parte da cultura asiática. A prática, que chegou a ser banida por Mao Tsé-Tung durante a Revolução Cultural, foi muito frequente na China e na Malaia (hoje Malásia) no final do século XIX. O casamento era usado para tranquilizar um espírito inquieto, e garantir um lar e estabilidade para as mulheres que diziam sim a maridos já falecidos. É claro que elas tinham um preço alto a pagar, e com Li Lan não seria diferente.
Evocando obras como Lugar Nenhum, de Neil Gaiman, essa obra é uma história impressionante sobre o amor sobrenatural e sobre o amadurecimento, escrita por uma extraordinária nova voz da ficção contemporânea.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#8]The Kiss Of Deception, de Mary E. Pearson

Postado em Atualizado em


kiss-of-deception-capa-final-volume-1-darksidebooks (1)
Título:
The Kiss of Deception – Crônicas de Amor e Ódio – 1
Autora:
Mary E. Pearson
ISBN: 9788566636864
Ano: 2016
Páginas: 406
Editora:
DarkSide Books
Informações: Skoob / goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?
Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.
O romance de Mary E. Pearson evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor, e como ele pode nos enganar. Às vezes, nossas mais belas lembranças são histórias distorcidas pelo tempo.
Leia o resto deste post »