Contos

[Resenha #166 ] Contos Macabros: 13 Histórias Sinistras da Literatura Brasileira de Nove Autores Consagrados

Postado em Atualizado em

cmLivros que trazem contos de vários autores, por mais temáticos que sejam, sempre mostram tonalidades diversas. Alguns trazem muitas palavras para pouca história, outros, muita história em poucas palavras, raros são os escritores que conseguem equilibrar informação e texto, mas certamente de algum estilo de escrita, você, leitor, gostará. Porém, nesse tipo de livro, seria injusto que eu comentasse dois ou três contos e deixasse o resto para lá. Afinal, não se trata de um livro de contos de um único escritor, que, por mais que varie, sempre manterá alguma uniformidade. São nove autores, e mesmo os menos conhecidos devem ser mencionados. Claro, alguns contos são tão pequenos que o comentário terá de ser menor ainda para não estragar a leitura, mas, ao menos uma menção a cada texto deve ser feita.

Leia o resto deste post »

Anúncios

[Resenha # 158] As Cariocas de Sérgio Porto

Postado em Atualizado em

asCariocasDesaconselhável para menores de 18 anos!

Ok, As Cariocas é um livro que dispensa apresentações. Além da série da Globo, A Desinibida do Grajaú já havia sido levada para a TV antes, sendo a personagem de Porto que mais encontrou atrizes para interpretá-la. Mas eu quis ler o livro assim mesmo e demorei para achar. Os contos do livro são: A Grã Fina de Copacabana; A Noiva do Catete; A Donzela da Televisão; A Currada de Madureira; A Desquitada da Tijuca; e a Desinibida do Grajaú.

Não falarei de todos eles. Faço essa opção por um bom motivo: O humor ácido, a ironia, o erotismo, temas como infidelidade conjugal e o imprevisível estão presentes na maioria dos contos. Seus títulos já definem o que as respectivas histórias contarão. Somente A Currada de Madureira é mais denso por motivos óbvios, e é o ponto mais fora da curva destes seis textos. Também há, nessas histórias, uma certa descrição exagerada dos cenários que não interfere em nada nos acontecimentos. Vejamos A Noiva do Catete:

Leia o resto deste post »

[Resenha # 146] Contos do Esconderijo de Anne Frank – Não Foi Só O Diário Que Ela Escreveu

Postado em Atualizado em

CEAFRodrigo Rosas Campos

Li o Diário de Anne Frank de uma biblioteca. Levei um tempão para comprar o livro e só o fiz por ter gostado mesmo e muito. Mas não é do Diário que falaremos aqui. Como em toda boa autobiografia, Anne Frank relata a situação ao seu redor, dando voz as pessoas e acontecimentos ao redor dela, muitas vezes mais do que a ela mesma. Durante o diário, porém, ficamos sabendo que ela também escreveu ficção, sobretudo fábulas, durante este exílio forçado pelos nazistas. Finalmente publicados, estes textos se revelam contos de fada (ou fábulas), contos realistas, ensaios e outras recordações que complementam o diário.

Leia o resto deste post »

[Resenha#138] Um Pouco Mais de Humor e Síntese nas Histórias da Meia-Noite do Bruxo do Cosme Velho

Postado em Atualizado em

HMN

Rodrigo Rosas Campos

Hoje, escrevo sobre Histórias da Meia-Noite de Machado de Assis. Todos nós tivemos que ler, por livre e espontânea pressão, pelo menos um dos romances mais conhecidos de Machado de Assis; Memórias Póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro, Helena ou Quincas Borba. O que nossos queridos professores de literatura fingiam ignorar é que Machado de Assis, vulgo, o bruxo do Cosme Velho, era um contista e cronista bem-humorado e que suas histórias curtas, seus contos e crônicas, eram infinitamente melhores, mais interessantes, universais e, por que não dizer, mais atuais que seus romances.

Leia o resto deste post »

[Resenha # 135] Sherlock Holmes em O Vampiro de Sussex e Outras Histórias de Arthur Conan Doyle

Postado em Atualizado em

vampsussex

Neste singelo volume de 168 páginas, temos 6 histórias curtas de mistério. Segundo o prefácio, as últimas escritas por Sir Arthur Conan Doyle para o mais famoso detetive de todos os tempos. Neste livro vemos um Arthur Conan Doyle afiado na arte da escrita e do mistério.

Para os que não sabem, Sherlock Holmes foi criado por Sir Arthur Conan Doyle em Um Estudo em Vermelho. Foi o primeiro personagem da história da literatura a alcançar fama superior ao seu criador e, até hoje, muitos acreditam, erroneamente, que ele existiu. Mesmo sendo um personagem de ficção, há um museu em Londres dedicado só a ele. Também foi o primeiro personagem a voltar da morte a pedido dos fãs, sendo, de certa forma, um precursor dos super-heróis: ficou mais famoso que seu escritor e voltou da morte a pedido dos fãs.

Leia o resto deste post »

Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 21 – A Princesa e A Rainha de George R. R. Martin e Considerações Finais

Postado em Atualizado em

MPUfa, finalmente a parte final e as considerações finais desse projeto de ler todos os contos de um livro de vários autores.

Lembrando

O livro como um todo é desaconselhável para menores de 18 anos.

Mulheres Perigosas é um livro de contos de vários autores, organizado e editado por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Foi publicado no Brasil pela Leya/Omelete, em 2017. Cada conto é uma história diferente. Esqueça as donzelas em perigo, todos trazem mulheres fortes e ativas.

Os contos não foram resenhados na ordem em que aparecem no livro, mas na minha ordem de leitura.

Chegamos, Finalmente, ao Ultimo Conto: A Princesa e A Rainha

Leia o resto deste post »

Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 19 – Sombras Nas Florestas do Inferno de Brandon Sanderson & Parte 20 – Vizinhos de Megan Lindholm

Postado em Atualizado em

MPRodrigo Rosas Campos

Sempre Lembrando

O livro como um todo é desaconselhável para menores de 18 anos.

Há uma versão digital de Mulheres Perigosas, a menos que você queira muito o físico por este ou aquele conto, ou que você seja um colecionador de tudo o que se refere a Crônicas de Gelo e Fogo, vale mais a pena comprar o e-pub.

Mulheres Perigosas é um livro de contos de vários autores, organizado e editado por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Foi publicado no Brasil pela Leya/Omelete, em 2017 com 736 páginas, 21 histórias, 21 autores. Cada conto é uma história diferente. Esqueça as donzelas em perigo, todos trazem mulheres como protagonistas fortes e ativas.

Leia o resto deste post »

Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 18 – Anunciando a Pena de S. M. Stirling

Postado em Atualizado em

 

MPRodrigo Rosas Campos

Sempre Lembrando

O livro como um todo é desaconselhável para menores de 18 anos.

Há uma versão digital de Mulheres Perigosas, a menos que você queira muito o físico por este ou aquele conto, ou que você seja um colecionador de tudo o que se refere a Crônicas de Gelo e Fogo, vale mais a pena comprar o e-pub.

Mulheres Perigosas é um livro de contos de vários autores, organizado e editado por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Foi publicado no Brasil pela Leya/Omelete, em 2017 com 736 páginas, 21 histórias, 21 autores. Cada conto é uma história diferente. Esqueça as donzelas em perigo, todos trazem mulheres como protagonistas fortes e ativas.

Leia o resto deste post »

Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 17 – Uma Rainha no Exílio de Sharon Kay Penman

Postado em Atualizado em

MPRodrigo Rosas Campos

Sempre Lembrando

O livro como um todo é desaconselhável para menores de 18 anos.

Há uma versão digital de Mulheres Perigosas, a menos que você queira muito o físico por este ou aquele conto, ou que você seja um colecionador de tudo o que se refere a Crônicas de Gelo e Fogo, vale mais a pena comprar o e-pub.

Mulheres Perigosas é um livro de contos de vários autores, organizado e editado por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Foi publicado no Brasil pela Leya/Omelete, em 2017 com 736 páginas, 21 histórias, 21 autores. Cada conto é uma história diferente. Esqueça as donzelas em perigo, todos trazem mulheres como protagonistas fortes e ativas.

Leia o resto deste post »

Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 15 – Cidade Lázaro de Diana Rowland & Parte 16 – O Nome da Fera de Samuel Sykes

Postado em Atualizado em

MPRodrigo Rosas Campos

Sempre Lembrando

O livro como um todo é desaconselhável para menores de 18 anos.

Há uma versão digital de Mulheres Perigosas, a menos que você queira muito o físico por este ou aquele conto, ou que você seja um colecionador de tudo o que se refere a Crônicas de Gelo e Fogo, vale mais a pena comprar o e-pub.

Mulheres Perigosas é um livro de contos de vários autores, organizado e editado por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Foi publicado no Brasil pela Leya/Omelete, em 2017 com 736 páginas, 21 histórias, 21 autores. Cada conto é uma história diferente. Esqueça as donzelas em perigo, todos trazem mulheres como protagonistas fortes e ativas.

Os contos não são resenhados na ordem em que aparecem, mas na ordem que eu for lendo; o livro tem uma introdução geral e uma pequena biografia por autor antes dos respectivos contos. Todos os textos foram publicados originalmente nos EUA em 2013.

Leia o resto deste post »