Últimas notícias do evento

[TROCA DE FIGURINHAS-RODRIGO#2]Dias Perfeitos, de Raphael Montes

Postado em Atualizado em

Nessa segunda Troca de Figurinhas, Ana me indicou Dias Perfeitos de Raphael Montes. Parabéns, Ana! Conheço poucos leitores que transitam tão bem em vários gêneros e temas tão distintos e antagônicos.

13671_gg


Título:
Dias Perfeitos
Autor: Raphael Montes
ISBN: 9788535924015
Ano: 2014
Páginas: 280
Editora: Companhia das Letras
Informações: Skoob / goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável. A capacidade do autor de explorar uma psique doentia é impressionante – e o mergulho psicológico não impede que o livro siga um ritmo eletrizante, repleto de surpresas, digno dos melhores thrillers da atualidade. Dias perfeitos é uma história de amor, sequestro e obsessão. Capaz de manter os personagens em tensão permanente e pródigo em diálogos afiados, Raphael Montes reafirma sua vocação para o suspense e se consolida como um grande talento da nova literatura nacional.
Leia o resto deste post »

Anúncios

[MATÉRIA]Fazendo as Pazes

Postado em Atualizado em

            contos-machado-de-assis
Oi pessoal, isso não é resenha, é só uma matéria, um relato, para retomar um assunto que levantei na tag Preferências Literárias Nacionais. De como fiz as pazes com Machado de Assis.

Estava eu na Faculdade, conversando com Rodrigo Pereira, outro Rodrigo mesmo, e ele me pergunto que professor tinha pedido o livro de Asimov que eu estava lendo. Fiquei indignado, não era calouro, não lia só o que professor mandava. Conversa vai, conversa vem, acabamos comentando como detestávamos os livros indicados pela escola. Por quê os professores não ensinam literatura de hoje para trás, para que os alunos se identifiquem? Por quê ler romances de séculos passados? Enfim, passando por Zeca Baleiro e o Heavy Metal do Senhor, chegamos em Machado de Assis.
Leia o resto deste post »

[TROCA DE FIGURINHAS-ANA#2]Tudo Que Eu Queria Te Dizer, de Martha Medeiros

Postado em Atualizado em

3220300
Título:
Tudo que eu queria te dizer
Autora: Martha Medeiros
ISBN: 9788573028706
Ano: 2007
Páginas: 176

Editora: Objetiva
Informações: Skoob / goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: O que você sempre quis dizer a alguém – e nunca teve coragem? O que precisa falar de uma vez por todas – mas desiste, espera, até chegar o momento mais apropriado? Em Tudo que eu queria te dizer , Martha Medeiros encarna personagens que assinam cartas reais, trágicas, por vezes cômicas, devastadas por sua dor. Em comum, as personagens deste livro têm a verdade de quem atravessa um ponto de virada em suas vidas e resolve colocar as cartas na mesa. Mestre na capacidade de nos emocionar, de forma simples e direta, a gaúcha Martha Medeiros concebeu Tudo que eu queria te dizer como um livro de contos, estruturados de forma independente. Na forma de cartas, Martha revela com delicadeza os dramas das personagens. Como a amante que escreve à mulher traída, a filha que relata a emoção de ser mãe à avô ausente, o jovem motorista que escreve à mãe do amigo morto num acidente de automóvel, ou a viúva saudosa que se dirige ao marido morto. Perdão, vingança, alívio, um pouco de nós está em cada uma dessas vozes, que expressam através de cartas uma confissão ou o exorcismo de nossos demônios.
Leia o resto deste post »

Extraordinário #2

Imagem Postado em Atualizado em

extraordinário2

[TAG#4]Frases de mãe

Postado em Atualizado em

Bem, Passeando por esse mundão de Deus chamado Internet, Eu acabei descobrindo essa Tag. E como eu sou mãe… Nada mais justo, vocês não acham?? 😀

Então vamos lá!

1-Eu vou contar até 3… (Um livro que você não via a hora de acabar.)
Download-livro-O-Talisma-Stephen-King-em-ePUB-mobi-e-PDF
O Talismã e A Casa Negra de Stephen King. Eu AMO o King de paixão, mas eles foram lidos em uma época tão bláh, que broxou todo o prazer da leitura e eu não via a hora de acabar logo com eles…. (Detalhe… 700 pgs cada!!)
Leia o resto deste post »

[RESENHA#9]A Garota do Calendário – Janeiro, de Audrey Carlan

Postado em Atualizado em

download
Título:
A Garota do Calendário-Janeiro
Autor: Audrey Carlan
ISBN: 9788576865063
Ano: 2016
Páginas: 144
Editora: Verus Editora
Informações: Skoob / goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser…
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.
Leia o resto deste post »

Garimpando em Gibiterias: Projeto Superpowers: Um Filho de Watchmen com Super-heróis de Domínio Público

Postado em Atualizado em

          projetoSuperpowers
Ok! Sei que já falei de Projeto Superpowers no ensaio Multiverso Domínio Público que foi publicado no blog do Juvenal, o Velho Hippie, e republicado aqui, no Literakaos!. Mas acho que chegou a hora desta review/resenha mais específica, sem contar que ainda o mencionarei num ensaio futuro

Afinal, quero defender Alex Ross, mostrando que o trabalho menos cultuado dele ainda é bom o bastante para não ser apedrejado ou ignorado como muitos o fazem.

Projeto Superpowers é uma série de minisséries que foi e é publicada nos EUA pela editora Dynamite.
Leia o resto deste post »

[RESENHA#8]Todo Dia, de David Levithan

Postado em Atualizado em

Todo dia
Título:
Todo Dia
Autor: David Levithan
ISBN: 9788501099518
Ano: 2013
Páginas: 280

Editora: Galera Record
Informações: Skoob / goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.

Leia o resto deste post »

O Velho Hippie#5

Imagem Postado em Atualizado em

oVelhoHippie7

[TAG#3]Preferências Literárias Nacionais

Postado em Atualizado em

14011899_1025451987522881_2049416730_n
Essa Tag foi criada pelo Rodrigo Campos. 
Vamos conferir as respostas??

1) Qual seu autor(a) brasileiro(a) preferido(a) de todos os escritores e escritoras brasileiros, em que livro ele(a) ganhou esse título e por quê?

Rodrigo – Clarice Lispector em A Via Crucis do Corpo brinca de Nélson Rodrigues, mas Nélson Rodrigues nunca brincou de Clarice Lispector. Em Via Crucis do Corpo, Clarice fala de amor, sexo, ciúmes, paixões e crimes passionais sem perder o estilo que a consagrou.

Ana – No momento, Raphael Montes e ele me ganhou no livro “O Vilarejo”. Por ser um livro no estilo Conto, com leitura super rápida, dinâmica, pela diagramação, ilustrações e afins, e porque acho ele sensacional no terror!
Leia o resto deste post »