Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 4 – Fora da Lei de Joe Abercrombie

Postado em Atualizado em

Rodrigo Rosas Campos

Sempre Lembrando

Mulheres Perigosas é um livro de contos de vários autores, organizado e editado por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Foi publicado no Brasil pela Leya/Omelete, em 2017 com 736 páginas, 21 histórias, 21 autores. Cada conto é uma história diferente. Esqueça as donzelas em perigo, todos trazem mulheres como protagonistas fortes e ativas. Os contos não são resenhados na ordem em que aparecem, mas na ordem que eu for lendo; o livro tem uma introdução geral e uma pequena biografia por autor antes dos respectivos contos. Todos os textos foram publicados originalmente nos EUA em 2013.

O Conto de Hoje: Fora da Lei

Fora da Lei, escrito por Joe Abercrombie é o primeiro conto do livro.

Shy é uma ladra que roubou um banco na Europa, idade média. Porém, foi traída pelos seus três comparsas quando eles descobriram uma alta recompensa por ela. Seu único trunfo é a recompensa cair pela metade se ela for entregue morta. Ferida num vilarejo abandonado, com seu cavalo morto por uma flechada e pelo cansaço, ela se esconde da melhor maneira que pode num prédio de madeira com dois andares. Ela tem uma única faca, reza para que seu plano desesperado dê certo ou que eles a matem e percam metade da recompensa.

Shy pode até estar conformada com sua provável morte, mas não entregará sua vida facilmente e seus três caçadores verão, na prática, a dificuldade de capturar uma presa acoada, ainda mais com vida. Para eles, ela viva vale uma recompensa integral, para ela, as vidas deles não valem nada.

MP

Apesar das armas e das roupas, tudo lembra um típico filme de traição e vingança no velho oeste. Uma história que poderia se encaixar em vários outros contextos, mas marcos, machados e tiros de arco e flechas definitivamente não são elementos do velho oeste norte-americano. Essa história se passa na idade média, mas não há ficção fantástica. Neste conto, esqueça magia, dragões ou cavaleiros honrados, é pé no chão e sangue nos olhos.

Gostei, mas o clima realmente pedia pólvora. Por esse motivo, dos 4 que eu li até aqui foi o que menos me agradou. Foi como ver personagens certos num cenário certo, mas com armas e vestimentas inapropriadas para a ocasião.

Próximo conto do projeto: Ou Meu Coração Está Partido

Boas leituras!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s