Projeto Mulheres Perigosas Conto a Conto: Parte 2 – As Mãos Que Não Estão Lá por Melinda M. Snodgrass & Parte 3 – Cuidadores de Pat Cadigan

Postado em Atualizado em

MPRodrigo Rosas Campos

Sempre Lembrando

Mulheres Perigosas é um livro de contos de vários autores, organizado e editado por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Foi publicado no Brasil pela Leya/Omelete, em 2017 com 736 páginas, 21 histórias, 21 autores. Cada conto é uma história diferente. Esqueça as donzelas em perigo, todos trazem mulheres como protagonistas fortes e ativas. Os contos não são resenhados na ordem em que aparecem, mas na ordem que eu for lendo; o livro tem uma introdução geral e uma pequena biografia por autor antes dos respectivos contos. Todos os textos foram publicados originalmente nos EUA em 2013.

O Primeiro Conto de Hoje: As Mãos Que Não Estão Lá

As Mãos Que Não Estão Lá, escrito por Melinda M. Snodgrass é o quarto conto do livro.

Um filho de alfaiate, inconformado por ter sido preterido ao posto de capitão de nave espacial de guerra por não ser um aristocrata, bebe num boteco num fim de universo quando encontra um bêbado que se diz um nobre decaído.

A história do bêbado remete ao tempo em que os humanos levaram seu imperialismo ao espaço. Preocupados com a pureza da espécie humana terrestre, os humanos trataram de criar leis anti-miscigenação com qualquer espécie sapiente de fora da Terra. Entretanto, os Cara, uma raça de notórios manipuladores genéticos, ignoraram tais proibições.

Com a ajuda de humanos insatisfeitos, desertores, inconformados vindo das classes inferiores da Terra, os cara começaram a implantar seus primeiros mestiços com humanos na Terra. Tem início a história da striper Samarith, uma dessas primeiras mestiças de humano e cara, de seu envolvimento amoroso com o aristocrata Rohan e de como este se tornou um nobre terrestre decaído, bêbado e desacreditado num boteco num fim de universo.

Será que o suboficial filho de alfaiate acreditará em tal história?

Um final surpreendente, uma leitura instigante, apesar do início arrastado. Melinda M. Snodgrass mostra toda sua maestria em construir uma pequena ópera espacial que se mescla à crítica social das mais pesadas distopias, abordando e renovando o tema de choque cultural na ficção científica.

O melhor até aqui.

Parte 3 – Cuidadores de Pat Cadigan

O segundo conto de hoje, terceiro lido para este projeto, é Cuidadores, escrito por Pat Cadigan, é o décimo nono conto do livro. Um pequeno conto policial com suspense e mistério.

Até que ponto um programa de TV sobre assassinas em série pode interferir na percepção de uma jovem mulher voluntária numa casa repouso para idosos? E se tal paranoia tiver fundamento e a cuidadora for subestimada pela irmã mais velha?

Mais do que desvendar um mistério na casa de repouso aonde a mãe está internada, as heroínas desta história terão um difícil dilema pela frente. Uma escolha com inúmeras implicações.

Dizer mais é dar spoilers.

Próximo conto do projeto: Fora da Lei

Boas leituras!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s