[RESENHA#99] A Garota do Calendário – Maio, de Audrey Carlan

Postado em Atualizado em

6adb5b6e7d5f4768d0405e7b68502d3e.jpg
Título:
A Garota do Calendário – Maio

Autor: Audrey Carlan
ISBN: 9788576865261
Ano: 2016
Páginas: 144
Editora: Verus
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser… Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.


Olha, vou falar para vocês… Se arrependimento matasse, eu já estava estaria mortíssima da silva, porque ter gasto meu dinheiro com essa série, meu tempo lendo esse livro, é o fim da picada!

Mas eu sou brasileira e meu dinheiro não é capim, então, vou bravamente dar continuidade a essa série sem sentido.

Dessa vez, nossa queridíssima Mia Saunders vai ao Havaí dar para alguém trabalhar para conseguir dinheiro para livrar seu velho pai da dívida com seu ex namorado agiota.

Dessa vez, Mia é contratada como modelo por um casal, para representar, com suas maravilhosas curvas, sua linha de biquíni juntamente com outros modelos.

Aí você pensa: “Nossa!! finalmente um mês sem sexo maravilhoso com homens maravilhosos!”… SQN BABY!! Saca só esse Quote:

“Quando ele chegou ao nosso pequeno grupo, sua forma gigante quase me fez recuar, pois o espaço parecia pequeno. A praia era pequena demais quando se tinha um magnetismo animal e a perfeição masculina nela. O Oceano provavelmente chorou lágrimas salgadas desejando que ele enfeitasse as profundezas com sua presença.”

É cara…. Tudo isso foi emoção porque o cara era grande… Se é que me entendem… 😀

paola-bracho-gif

Mas peraí que não para por aí não! No dia seguinte, ou seja, um dia após terem trocados meia duzia de palavras ao serem apresentado, e APENAS, eles se encontram na praia e tem a primeira conversa…. se liga só nesse bagulho:

“… Eu não tinha percebido que era você. Você é bom. – Indiquei o mar com o queixo, tentando encontrar qualquer razão para não olhar para seu corpo magnífico e babar.
Sua mandíbula esculpida se acentuou quando ele sorriu.
-Eu tenho que ser. Dou aula de surfe e quando não estou trabalhando como modelo ou nos shows com a minha família.
-Você dá aula?
-Por quê? Quer aprender surfe? – Seu tom era sedutor e fascinante.
Aquela definitivamente era minha deixa para flertar.
-Você vai me ensinar a montar? – Arqueei a sobrancelha
Sua boca se apertou naquele delicioso bico enquanto os olhos pareciam percorrer todas as minhas curvas.
-Vou te ensinar a montar dia e noite, garota!”

Ok, flertar na minha terra né bem assim não, mas tuuuudo bem!

Aí, de repente, DO NADA, o cara quer levar ela para conhecer a família dele, like Old Friends… Eu fiquei apenas sem entender porra coisa nenhuma.

Fora as cenas repetitivas de sexo com o cara mais incrivelmente gostoso que ela já viu na vida. Todo mês tem um. Mas o coração dela está lá, no Wes, o primeiro.

Vale ressaltar que ela leva a irmã e a melhor amiga para passar um final de semana no Havaí com ela. Nada demais, porque o foco principal, minha gente, é a fornicação!!! huahuahahuahuahuahua

tomitomi

Whatever…

Só sei que foi um suplicio terminar de ler esse livro, mas como já disse, vou até o fim.

E vocês, meus queridos, vão nessa comigo!!! huahuahuahahuua

ana-souza-neo-000

Anúncios

8 comentários em “[RESENHA#99] A Garota do Calendário – Maio, de Audrey Carlan

    Diane Ramos disse:
    4 de julho de 2017 às 14:24

    Olá…
    Dando boas risadas com sua resenha hahaha…
    Nunca tive interesse em ler essa série, pois, acho ela vulgar demais, acho super desnecessários essas exageradas descrições de sexo e, me julguem, mas, acho a premissa muito rasa.
    Já não tinha vontade de ler, agora, após ler sua resenha as chances de me entregar a série está abaixo de zero.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    Curtir

    Marcia Pimentel disse:
    4 de julho de 2017 às 17:28

    Oi,
    Adorei sua resenha e sua sinceridade quanto ao livro. Não li a série e nem tenho vontade de ler. Já li a resenha de alguns livros e as histórias dos livros não chamaram a minha atenção.
    Abrçs

    Curtir

    Mariana Maiz Pirolo disse:
    4 de julho de 2017 às 20:51

    Para ser sincera, eu achei essa série bem melhor do que eu estava esperando. o segredo é ir sem grandes expectativas e olhar os pontos positivos.
    E esse especificamente é um dos piores para mim. Mas não achei a série tão ruim assim, ainda que entenda o seu ponto de vista.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    Curtir

    Aline Coelho Cury disse:
    8 de julho de 2017 às 20:34

    Ana menina amei sua resenha, ri demais. Entendo o que você destacou, não são todas as autoras que conseguem escrever livros hot com conteúdo e com cenas picantes que realmente empolgam o leitor. Não sei se vc irá concordar, mas para mim Josy Stoque (leia Eu Nunca), Mila Wander, Janaina Rico e Abbi Glines são as melhores nesse campo (pelo menos são as que mais gosto até o momento).
    Eu se fosse você não continuava a leitura não, essa série não está te acrescentando nada. Mas enfim gostei demais das suas impressões. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    Curtir

    Mara disse:
    9 de julho de 2017 às 19:47

    Esse é aquele tipo de história que ou vc ama ou você odeia… Até o momento só li até esse mês, mesmo tendo todos os livros, ainda não consegui colar uma leitura na outra… Não achei todos os livros o máximo, mas desse até que eu gostei!

    Curtir

    bloglivrosqueli disse:
    10 de julho de 2017 às 06:49

    Essa é uma série que já me despertou o interesse, mas não mais, vejo muitas pessoas falando que é legal, mas acho que eu não gostaria. De qualquer forma, sua resenha ficou ótima e divertida com os gifs! ❤

    Beijos.

    Curtir

    Tais Burigo disse:
    10 de julho de 2017 às 08:43

    Menina adorei sua resenha, ri horrores hahaha. Eu parei de ler essa série em fevereiro e estou um pouco em duvida se devo continuar ou não pelo visto não devo né? hahaha.

    Beijos

    Curtir

    Milena disse:
    10 de julho de 2017 às 20:54

    Tive que rir com sua resenha hahaha
    Não posso opinar muito a respeito, afinal, não li nenhum livro da série apesar de ter ganhado os dois primeiros em um sorteio. Pretendo ler para ver o que eu acho…

    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s