[Resenha#97] Quadribol Através dos Séculos de Kennilworthy Whisp

Postado em Atualizado em

quadribolKennilworthy Whisp, com uma brilhante desenvoltura, nos conta as regras do quadribol através de sua história…

Ok, eu sei que esse livro foi escrito por J. K. Rowling, a criadora de Harry Potter e do universo em que ele e sua turma habitam. Comprei e li essa edição de Quadribol Através dos Séculos pela editora Rocco em 2001, pois sempre gostei dessa imersão minuciosa que certos autores proporcionam a nós leitores.

Quadribol Através dos Séculos é o livro de referência lido pelos personagens da série Harry Potter sobre o jogo que existe dentro daquele universo. O leitor tem em mãos um livro tirado da biblioteca de Hogwarts, materializado em nossa realidade, tornando mais rica e imersiva a leitura da série como um todo.

Pouca gente lembra, mas, na época de lançamento do primeiro Harry Potter, discutia-se, e ainda se discute, o porquê de esportes como o futebol, por exemplo, não serem mistos, disputados por times compostos por homens e mulheres ao mesmo tempo. A mesma discussão se estende a todos os outros esportes inclusive.

J. K. Rowling criou seu mundo com a premissa da igualdade entre os gêneros do feminismo. O esporte mais popular entre os bruxos, o quadribol, é a maior representação disso. A maioria dos times é formada por meninos e meninas, poucos são os times exclusivos de homens ou mulheres e todos disputam os mesmos campeonatos numa modalidade única que é mista, para homens e mulheres.

A história do esporte em si é contada de uma forma bem divertida, com risadas garantidas para crianças de todas as idades, de menos de 8 anos até além dos 80.

Outro ponto alto desse livro (e dos outros dois volumes da Biblioteca de Hogwarts que também foram lançados) é mostrar a habilidade de J. K. em construir um pano de fundo bem mais amplo para sua história principal. Harry Potter nasce e cresce num mundo que verdadeiramente existia antes dele e que continuará a existir depois que ele se for. Poucos autores de fantasia possuem esse requinte de sofisticação e detalhamento.

Bem, então fico por aqui, avante Tushill Tornados e boas leituras!

Rodrigo Rosas Campos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s