[RESENHA#81] A Última Foto, de Glauber Fabbri

Postado em Atualizado em

51qChkZiu6L

Título: A Última Foto
Autor: Glauber Fabbri
ISBN: B00YZ8MI1C
Ano: 2013
Páginas: 9
Editora: Amazon
Informações: Skoob
Compre aqui: Amazon

Sinopse: Tudo que o garoto queria era uma foto de seu pai para o trabalho da escola. Mas as coisas saíram bem diferentes do planejado.
Conto finalista do concurso da Bienal do Livro de 2013.


Neste conto finalista do concurso da Bienal do livro de 2013, Glauber Fabbri nos leva a conhecer um garoto que tem como objetivo, conseguir uma foto do pai em seu ambiente de trabalho, para a realização de um trabalho escolar.

O rápido conto se passa dentro de um Museu Nacional de Arte Antiga. O Jovem rapaz se encontra escondido dentro de um baú, e lá dentro, começa a contar toda a história, desde quando chegou para encontrar seu pai e conseguir a bendita foto, até o momento em que foi parar no baú.

O final é surpreendente, mas admito que demorei um pouco a entender… ou assimilar esse fim. Esperava um pouco mais, eu acho. Mas mesmo assim, o conto é muito bom. Rápido e até surpreendente.

Vale apena a leitura, e o melhor! 0800 na Amazon!!! 😉

ana-souza-neo-000

Anúncios

14 comentários em “[RESENHA#81] A Última Foto, de Glauber Fabbri

    Daniel Igor disse:
    26 de junho de 2017 às 11:29

    Bom dia, Ana!
    Adoro contos e achei a premissa desse bem divertida.
    Gostei de saber que o final é surpreendente, mesmo a história sendo curtinha.
    Sua resenha foi simples, mas compreensível e bem escrita, parabéns.
    Abraços.

    Curtir

    Shayanne da Silva disse:
    26 de junho de 2017 às 19:29

    Imagino só a loucura (boa) deste livro. Ficou com gostinho de suspense, como por exemplo, como ele vai parar no bau hahahahaha, vai valer a pena esta leitura hein. Resenha simples e com uma otima determinação a resumir o conteudo, amei muito.

    Curtir

    Morgana Brunner disse:
    27 de junho de 2017 às 08:45

    Oiii tudo bem?
    Deve ser uma litura bastante envolvente e tocante, deve ser uma história e tanto só pela sinopse, me senti totalmente envolvida e curiosa.
    Beijinhos

    Curtir

    Yohanna Luiza disse:
    27 de junho de 2017 às 09:45

    Não conhecia o conto, nem o autor, bacana que o final seja surpreendente, pois a maioria é clichê. Linda resenha!
    Beijos :*

    Curtir

    Porre de Leitura e Livros disse:
    27 de junho de 2017 às 11:19

    Olá! Tudo bom?
    Não conhecia o conto nem o autor, mas parece ser muito interessante, e também uma leitura muito agradável. Gosto de livros assim. Parabéns pelo post.
    Beijos.

    Curtir

    Paula Sesterheim disse:
    27 de junho de 2017 às 22:07

    Oii, tudo bem?
    Não curto contos, mas achei a história bem criativa e divertida a parte do personagem estar em um baú. Vou dar uma chance a esse conto por parecer bem inusitado.
    Beijos

    Curtir

    Leticia Golz disse:
    28 de junho de 2017 às 10:57

    Oi, Ana
    A premissa do conto é boa. Fiquei até curiosa pelo final, em saber se eu ia entender.
    Gosto de conto, mas faz tempo que não leio algum. Quem sabe leia esse.

    Livros, vamos devorá-los

    Curtir

    suelanepereira disse:
    28 de junho de 2017 às 11:05

    O conto parece ser muito bom e fiquei com vontade de ler ele. Vou procurar.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    Curtir

    Suzana Chaves Linhares disse:
    1 de julho de 2017 às 19:40

    Olá! Fiquei curiosa para conhecer esse conto, o que ele viu, se ele realmente conseguiu a foto do pai e mais ainda saber sobre o final, beijos!

    Curtir

    Carla disse:
    1 de julho de 2017 às 22:44

    Oie!
    Confesso que quase não leio contos, pois sempre fico com aquela sensação de que fica a faltar algo na história.
    Mas mesmo assim, vou anotar essa dica para conferir futuramente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    Curtir

    Kamila Villarreal disse:
    1 de julho de 2017 às 22:54

    Olá!

    Não conhecia esse conto, mas já gostei dele, rápido e bem escrito. Obrigada pela dica!

    Curtir

    Ana Paula Lima Miranda disse:
    3 de julho de 2017 às 19:08

    OIII!

    eu não conhecia esse conto e gostei de saber que é rápido e envolvente! Já estou caçando ele aqui no kindle! A resenha está bem escrita!

    Beijinhos,

    Curtir

    causoseprosas disse:
    4 de julho de 2017 às 11:53

    Esses finais que nos deixam refletindo para pensar se entendemos ou não. Faz a gente ter vontade de ler de novo pra ver o que perdeu.
    Bjos

    Curtir

    caroolkilljoy disse:
    4 de julho de 2017 às 16:37

    Olá, tudo bem? Opa, adoro contos e não sabia desse ganhador de final da Bienal. Parece ter um final surpreendente e fiquei bem curiosa haha dica anotada!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s