[RESENHA#63] Quatro Estações, de Stephen King

Postado em Atualizado em

download.jpg
Título:
Quatro Estações

Autor: Stephen King
ISBN: 9788581050157
Ano: 2013
Páginas: 556
Editora: Suma de Letras
Informações: Skoob / Goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Publicado originalmente em 1983, o livro faz parte da série de relançamentos de obras esgotadas de Stephen King, reeditadas em novo formato pela Objetiva.
Em Quatro Estações, o leitor tem a oportunidade de conhecer uma outra faceta do mestre do suspense, Stephen King. São quatro histórias bem diferentes do universo habitual do autor, mas com a mesma marca de excelente contador de histórias que ele conquistou ao longo de sua carreira.
King constrói narrativas baseadas no dia-a-dia de personagens comuns e mostra sua habilidade em criar demônios, mas sob uma nova perspectiva: eles aparecem de modo subliminar, povoando a natureza humana.
Em Quatro Estações, King, o mestre do terror americano, se distancia do sobrenatural e mergulha no dia-a-dia de personagens comuns, comprovando mais uma vez seu talento como um dos melhores ficcionistas da literatura contemporânea.


Bem, esse foi o primeiro livro da maratona que optei em ler e vou falar para vocês… Que escolha INCRÍVEL!

Sou sempre muito suspeita pra falar qualquer coisa sobre Stephen King porque eu simplesmente sou “baba-ovo” assumidíssima. Mas esse livro de contos é tão bom que algumas adaptações aclamadas saíram dali.

Vomo (sic) comigo que no caminho, tia Ana explica….

tumblr_ne4094i8qe1u2nipgo1_500

O livro conta com quatro contos:


  • PRIMAVERA ETERNA – Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank.

Andy é um banqueiro bem sucedido que vai parar em Shawshank,  condenado injustamente à prisão perpétua pelo assassinato de sua esposa e amante. Num lugar onde “todos são inocentes”, Andy luta para se adaptar ao ambiente, para fazer parte do sistema, mas sem nunca desistir de sua liberdade. E para isso, Conta com a ajuda de Red. um outro condenado a prisão perpetua que é “O Cara”. Aquele que sempre consegue tudo para todos de maneira clandestia em Shawshank.

O Conto acabou sendo adaptado para as telas do cinema sobre o título de “Um Sonho de Liberdade” com Tim Robbins como Andy e Morgan Freeman como Red

sonho-liberdade-gif.gif


  • VERÃO DA CORRUPÇÃOAluno Inteligente.

Todd é um jovem muito inteligente de 13 anos que, obcecado com os atos de nazismo e do holocausto da Segunda Guerra Mundial, descobre, em suas andanças de bicicleta que, em seu bairro, vive um velho torturador nazista. O famoso Carniceiro de Patin.

Logo, em poder dessa informação, Todd chantageia o velho senhor Dussander, ameaçando entregar-lhe à policia caso não o conte tudo que viveu durante o tempo em que serviu ao exército alemão, e seus atos de maldade em cada um deles.

E a partir daí surge uma  estranha relação entre Dussander e Todd. Um jogo psicológico muito perigoso. 

Este conto foi adaptado para as telonas  com o nome de O aprendiz” com Brad Renfro como Todd e Ian McKellen como Dussander.

apt-pupil-old-nazi.gif


  • OUTONO DA INOCÊNCIA – O Corpo.

Após Vern ouvir uma conversa escondida de seu irmão, sobre ter encontrado o cadáver da criança que estava a algum tempo desaparecida, ele corre para o encontro de seus outros três amigos (Gordie, Teddy e Chris), e juntos embarcam numa “aventura” em busca do corpo, com o intuito de voltarem como heróis por terem conseguido algo que as autoridades, a dias, não conseguia.

E nessa aventura – rito de passagem – da juventude dos quatro meninos, eles confrontam a morte, a amizade, cumplicidade e a dura realidade das incertezas do futuro.

Este conto foi adaptado para os cinemas com o nome de “Conta comigo”, onde Wil Wheaton interpretou Gordie Lachance; River Phoenix  foi Chris Chambers; Corey Feldman foi Teddy Duchamp e Jerry O’Connell foi Vern Tessio.

the-gang-railroad.gif


 

  • INVERNO NO CLUBE O Método Respiratório.

Neste conto, acabamos indo parar num clube para cavalheiros, onde, as vezes, nas quintas feiras, algumas histórias são contadas. Histórias de amor, suspense, superação, qualquer história. contudo, as vésperas das noites de natal, a noite e reservada a apenas histórias de terror.

E é com essa premissa que ouvimos a história do Método Respiratório, onde vemos o relato da luta de uma jovem para conceber seu primeiro filho ilegítimo, a qualquer custo.

Este é o único conto de Quatro Estações, sem adaptações até o momento. Embora tenha existido em 2012, o rumor da criação da adaptação, nada se concretizou até o momento.


O livros, como já disse, é incrível. Os quatro contos te prendem do início ao fim, e para aqueles que querem começar a ler alguma obra do king, tá aí uma grande oportunidade. Contos rápidos, envolventes e não é tão terror assim, pra quem tem medo.

Não achei nenhum erro durante a leitura. o que é muito bom, uma vez que os erros estão cada vez mais constantes nos livros. Páginas amareladas, letras num tamanho legal. Não tenho nadinha a reclamar.

Só elogios!! ❤

E aí? o que acharam da resenha? Dos contos? Já viram alguma das adaptações citadas?

Eu super recomento todos. Contos e adaptações. São todos sensacionais.

Tá aí, mais um dos meus livros preferidos do Rei!! ❤

ana-souza-neo-000

Anúncios

20 comentários em “[RESENHA#63] Quatro Estações, de Stephen King

    tish disse:
    1 de março de 2017 às 14:29

    Olá!!!

    Também sou super baba-ovo do Stephen King, e gente, acho a imaginação dele maravilhosa e infinita!!! Ele tem váaaarios livros e todos são GIGANTES!!
    Esse eu ainda não li, mas já estava na listinha de próximos para ler – já está separadinho. Nas telinhas, O Aprendiz me prendeu demais, eu adorei a adaptação e estou morrendo para ler o conto.

    Beijos!

    Curtir

    Daniele Vieira disse:
    1 de março de 2017 às 19:03

    Olá
    Esse livro é lindo demais, amo de paixão, já li e reli, e tem dois dos meus contos preferidos ever do King, que são A Primavera e O Outono, já assisti todos os filmes também, o River Phoenix foi minha paixonite de juventude, pedi as contas de quantas vezes assisti.
    Agora diz para mim, aquele final da Primavera Eterna dá um aperto no coração T_T

    Curtir

    Carolina Monteiro disse:
    16 de março de 2017 às 21:15

    Adorei a resenha. Não conhecia o livro, mas sua apresentação me deixou muito curiosa. Eu amo livros de suspense. (:

    Curtir

    Luana Alves disse:
    16 de março de 2017 às 21:38

    Estava procurando algo mais “leve” do King para ler e parece que encontrei!
    Já entrou pra minha lista de próximas leituras; a julgar pelas adaptações, será excelente.
    Obrigada pela dica.
    Bjsss
    Luana
    http://www.umasegundaopiniao.com

    Curtir

    Fabrica Dos Convites disse:
    17 de março de 2017 às 15:30

    Oi Ana, eu vi todas estas adaptações, mas ainda não li o contos, acredita? King é mesmo sempre uma bela pedida.
    Bjs

    Curtir

    Camila Mondaini Paulino disse:
    17 de março de 2017 às 16:19

    Eu amo livros de suspense e mesmo assim ainda não consegui ler nada do Rei do suspense acredita? Eu amei sua resenha sobre o livro e levei em consideração cada detalhe que falou sobre o mesmo e me despertou a curiosidade. Anotei a dica e espero ler em breve!

    beijinhos!

    Curtir

    Juliana Xavier disse:
    17 de março de 2017 às 16:19

    Mesmo você tendo dito que não é tão terror assim, ainda não sei se gostaria de ler… Rs…. Sou muito medrosa e isso de deixar de lado o sobrenatural e mostrar habilidade de criar demônios baseados em personagens comuns me deixa com os dois pés atrás… Medo principalmente desse conto em que ele encontra o torturador nazista.

    Curtir

    Patrícia Paiva disse:
    17 de março de 2017 às 21:17

    Passei as duas últimas horas olhando o loop infinito do gif do Dean. Mas então… eu geralmente não gosto de livros de conto, mas eu sempre amo os livros de contos do Mestre. Eu ainda não li esse livro, embora já tenha lido um conto ou outro separadamente, e assistido os filmes, é claro. Sem dúvidas ele é o autor que mais teve obras adaptadas, para nossa alegria. Eu também sou super baba-ovo dele, então raramente não gosto de um dos seus livros, mesmo quando quero mata-lo por não ter o menor amor pelos personagens que eu amo. Vou procurar esse livro para poder comprar também.

    Bjs.

    http://www.ciadoleitor.com

    Curtir

    thamirisdondossola disse:
    18 de março de 2017 às 10:31

    Oi, Ana!
    Adoooooro King, faz tempo que não leio uma de suas obras.
    Fiquei morrendo de vontade de ler essa, sério!
    E não, eu não vi nenhuma das adaptações, mas vou procurar hoje mesmo! hahaha.
    Beijos

    Curtir

    Aline Furtado disse:
    18 de março de 2017 às 13:30

    Olá!
    Fiquei bastante interessada na obra. A temática dos contos e o aspecto psicológico que englobam parecem deixar a leitura ainda mais interessante.
    Gostei muito da sua resenha.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Beijos.

    Curtir

    Amanda Caldas disse:
    18 de março de 2017 às 21:14

    Hey!

    Primeiramente, o Dean partiu meu coração (rs), qual a necessidade de colocar uma beleza dessa logo no começo da resenha? Fiquei perdidinha pensando nele (brincadeira).

    Não sou muito fãs dos livros do King, ele é um baita escritor, não nego, mas o gênero dele me assusta, antigamente eu tinha medo até de assistir Harry Potter sozinha. Mas a resenha ficou muito bacana.

    Sucesso,
    Fonte Literária

    Curtir

    cila-leitora voraz disse:
    19 de março de 2017 às 09:51

    Oi Ana, sua linda, tudo bem?
    Eu já tentei ler dois livro do Stephen King e não consegui terminá-los, a narrativa era muito detalhada e por isso se tornou muito cansativa. Por isso nunca mais tentei ler nenhum livro dele. Mas para minha surpresa existem dois filmes que eu amo, que são incríveis, fantásticos e que são baseados nas história dele: o primeiro você citou: Um sonho de liberdade. E o outro é a espera de um milagre. Quem ainda não viu, está perdendo filmaços!!! Pelo visto, os livros são tão bons quanto. Que bom que gostou. Para quem é fã deve ser imperdível!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Curtir

    Greice Blogando Livros disse:
    19 de março de 2017 às 16:40

    Bem diferente mesmo do que eu li dele. este eu gostaria de conhecer já que o que eu li não curti muito porque a escrita dele foi meio parada e é de assustar mas me fez quase dormir, diferente da leitura que tive do filho dele, mas estes temas realmente saem da linha que ele escreve.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    http://www.blogandolivros.com

    Curtir

    Aline Coelho Cury disse:
    19 de março de 2017 às 18:04

    Nossa que legal, gostei da indicação. Até pq tenho vontade de ler mais histórias do King, só li até agora: Carrie, A Estranha e gostei muito. Enfim muito legal sua postagem apresentando suas impressões sobre os contos e suas adaptações.
    Parabéns pela leitura e dica!!!

    Leituras,vida e paixões!!!

    Curtir

    Sâmmy *SammySacional (@samellabridges) disse:
    19 de março de 2017 às 22:16

    Oi, Ana!
    Indicação interessante. Apesar dos elogios, não me interessava, em geral, pelas obras do autor justamente pela grande maioria ser do gênero terror ou suspense, que eu realmente não gosto nadinha, mas curti a indicação desses contos por serem mais leves. Conheço por alto as adaptações, principalmente a do primeiro conto, e já tive vontade de assisti-la também, inclusive. Deve ser uma estreia legal com o autor, e quem sabe, quando a pilha de leitura atual vagar um pouco, eu não dê uma chance? Enfim, valeu a dica!
    Beijos!

    Curtir

    Michele Lopez disse:
    20 de março de 2017 às 16:12

    Olá,
    Acredita que ainda não li nada do King?!
    Pois é, mas quero muito afinal me fará sair da zona de conforto.
    Achei bem interessante a premissa de cada conto e o que mais me espantou é que tirando o último, os outros três tiveram suas adaptações e das quais ainda não assisti nenhuma kkkkk
    Já anotei seus títulos e pretendo procurar para assistir.

    LEITURA DESCONTROLADA

    Curtir

    Danielle Rodrigues Casquet de Melo disse:
    20 de março de 2017 às 21:23

    Olá Ana, ainda não conhecia esse livro do King, e fiquei muito curiosa para ler esses contos. A sua impressão de cada um deles foi perfeito. Bjkas

    Curtir

    Pollyanna Campos (@PollyanaCampos) disse:
    21 de março de 2017 às 08:56

    Olá, tudo bom?
    Até hoje não tinha tido vontade alguma de ler algo do autor, mas, sua resenha mudou isso! Amo o filme Um sonho de liberdade e saber que o mesmo foi baseado em um dos contos do King me deixou super curiosa para conferi-lo e ver o que mudou, o que foi mantido da essência… enfim! Os outros contos parecem ser bem interessantes também, mas foi esse que me “saltou aos olhos” rs
    Adorei a sugestão! Espero gostar tanto quanto você ^^

    Beijos!!

    Curtir

    Rafaelle Vieira disse:
    21 de março de 2017 às 21:18

    Oi, Ana!
    Acredita que nunca li nada do King? Só vejo elogios, e sempre fiquei curiosa, mas nunca me arrisquei. Esse ano estou determinada a começar a me aventurar no gênero e achei esse livro uma ótima dica para começar a conhecer o autor porque são contos e no caso narrativas mais curtas que me pareceram interessantes. Vou ler!

    Beijos,

    Rafa [ blog – Fascinada por Histórias]

    Curtir

    [Tag#24] 50% « LiteraKaos! disse:
    11 de agosto de 2017 às 09:10

    […] Quatro estações é um livro de contos do Mestre no qual eu simplesmente amei a leitura. Você pode conferir a resenha aqui. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s