[RESENHA#49]Melancia, de Marian Keyes

Postado em Atualizado em

melancia1
Título:
Melancia
Autora: Marian Keyes
ISBN: 9788528609165
Ano: 2004
Páginas: 490
Editora: Bertrand Brasil
Informações: Skoob / Goodreads

Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: “Melancia” é um romance sobre a arte de manter o bom humor mesmo nos momentos mais adversos. Com 29 anos, uma filha recém-nascida e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais de gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Nada tendo em vista que a anime, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; a mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e o pai, à beira de um ataque de nervos. Após passar alguns dias em depressão, bebendo e chorando, Claire decide avaliar os prós e os contras de um casamento de três anos. É justamente nessa hora que James, seu ex-marido, reaparece. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa.


Bem, o box deste livro estava na promoção e eu, como sempre no olho grande, comprei, e ele ficou lá, num cantinho da minha estante, aguardando seu momento.

Admito novamente minha futilidade literária e digo que adquiri o mesmo porque achei a capa bem bonita. Contudo, vi muitas resenhas negativas e o equivalente de positivas. Logo, como amo um desafio, fui ler para tirar minhas próprias conclusões.

Para começar, um aviso: Não comprem o box de edição econômica da Marian Keyes… Não tenho nada contra edições econômicas, muito pelo contrario, tenho vários!  Mas esse da Marian é de péssima qualidade, a capa é super fina, amassa a toa, as páginas são mais finas ainda. Não vale nem um pouco apena.

Agora vamos a historia… 

“Nunca perdia meu apetite, não importavam as circunstancias. Nervosismo por causa de provas, entrevistas para emprego, tremores no dia do casamento, intoxicação alimentar – nada, a não ser a morte, faria a mínima diferença para minha capacidade de comer como um cavalo de corrida. Sempre que encontrava uma pessoa magra, que gorjeava: ‘Ah, mas sou mesmo uma tola, simplesmente me esqueço de comer’, eu a olhava com mal disfarçada frustração e amargura, sentindo-me pouco glamorosa, inchada e bovina. Que sorte dessas filhas da puta, pensava eu, como é que alguém pode esquecer-se de comer? Eu tinha apetite – que coisa fora de moda e vergonhosa.”

Como diz a sinopse, esta história fala sobre Claire, nascida em Dublin, Irlanda, que se aventura em uma nova vida como garçonete em Londres; e no meio dessa aventura, Claire conhece sua metade, seu melhor amigo e companheiro no qual se apaixona a primeira vista, James.

James é um contador chato e enfadonho, responsável e o salvador eterno de Claire. Claire é meio desligada, divertida, espontânea… A alegria de qualquer ambiente. Eles são como o Yin-Yang. Um equilíbrio harmônico. Um completa o outro.

Aos 29 anos, após alguns anos de namoro, noivado e casamento, após finalmente mobilharem sua casa do jeitinho que queriam, Claire e James decidem ter um filho. Tudo está ótimo, tudo está perfeito, até o dia do nascimento do bebê, quando em sua primeira visita, ainda no hospital, James informa a Claire que a está abandonando por estar apaixonado pela vizinha do andar de baixo no qual vem vivendo um caso há seis meses. Uma vizinha casada, mãe de três filhos e com 39 anos.

‘”Então, estava certa.
Nota dez para meus instintos.
Nota zero para meu bem-estar.
Sentia-me como se tivesse levado um coice de cavalo no estomago.
De fato, não é verdade, porque jamais levei um coice de cavalo no estomago. Acho que estava sentada aqui agora, conversando com você se fosse a feliz recebedora de um coice de cavalo no estomago? A resposta só pode ser não!.”

Arrasada, Claire decide então voltar para a casa dos pais em Dublin aonde vivem ainda suas duas irmãs mais novas, a calma e hippie Anna e a inconveniente e arrebatadora de corações, Helen. E assim, embarcamos nesse novo momento, novo e difícil momento da vida de Claire. Vemos as fazes de seu sofrimento, a sua tentativa de dar a volta por cima e seu novo recomeço como mãe solteira.

“Vesti-me para matar.
Pensei que seria  apropriado.
Mas não como  você poderia esperar, com um uniforme  de combate, capacete com uma rede cheia de folhas e alguns cartuchos  de munição atravessados sobre meu peito. Ah, não, usei uma saia sensual, curta, preta, com um casaco preto, meias finas e saltos altos, muito altos. Teria usado um pequeno chapéu arredondado, sem aba, com um véu, se tivesse um. Mas felizmente eu não tinha.
Queria parecer uma puta assassina saída do inferno. Mas pensando bem, acho que o chapéu seria um exagero.”

Esse foi um livro muito difícil para mim. Foi um dos mais demorados. Como disse anteriormente, estou lendo a edição econômica da BestBolso e o livro tem 500 paginas. Paginas repletas de letrinhas miúdas, em folha fina e super branca… No início eu achei uma maravilha, porque eu adoro essa coisa de humor sarcástico ou autodepreciativo e ele tem de sobra. Paguei micos gigantescos em vários ônibus, tanto que cheguei a chorar de tanto rir, sério, foi patético. Mas a dinâmica do livro é como se você lesse um diário com toda a historia detalhada e narrada por Claire, e ela divaga muito, perde o foco da história principal tornando a leitura chata e maçante. Muito detalhe desnecessário.

Acho que se não existisse esse equilíbrio entre os momentos de divagação e os de humor sarcástico dela, eu nem teria conseguido terminar o livro. Pelo que eu vi, Claire é uma de cinco irmãs e cada uma tem um livro. Sei nem se vou conseguir ler os outros dois que vieram no box…  imagina concluir essa saga… Para quem se interessar, os livros fazem parte da saga das irmãs Walsh…
ana-souza-neo-000


*Resenha de minha autoria, publicado anteriormente no blog http://www.viciadosemleitura.blog.br/

Anúncios

9 comentários em “[RESENHA#49]Melancia, de Marian Keyes

    Camila Mondaini disse:
    25 de janeiro de 2017 às 16:23

    Olá tudo bem?
    Já vi muitos comentários bons a respeito desse livro e confesso que ainda não tive a oportunidade de ler. Pra iniciar achei que Melancia era um tipo de livro pra dieta, mas lendo sua resenha vi que é um romance bem leve e divertido não é mesmo? Fiquei curiosa sobre ele e espero ler em breve.
    beijinhos.

    Curtir

    Aline Furtado disse:
    26 de janeiro de 2017 às 10:38

    Olá!
    Gosto muito dos livros da Marian Keys, mas Melancia ainda não li. Tenho muita vontade de conhecer a história.
    Sobre a edição, eu tenho alguns livros dela na edição econômica e as folhas brancas e letrinhas miúdas impedem que a leitura flua agradavelmente.
    Beijos.

    Curtir

    livrostime disse:
    26 de janeiro de 2017 às 11:41

    Esse livro é ótimo

    Curtir

    thamirisdondossola disse:
    27 de janeiro de 2017 às 09:07

    Oi, Ana!
    É verdade. A edição econômica é péssima. Eu me desfiz dos meus, mas lembro que estavam com as capas todas viradas. E as páginas são super finas meeesmo.
    “Melancia” foi o primeiro livro da autora que eu li, mas faz muito tempo. Lembro que na época eu gostei bastante. Porém, ao ler seu comentário, concordo plenamente. É um livro que nos faz rir e nos diverte, mas há momentos muito reflexivos e maçantes.
    Beijos

    Curtir

    Leticia Golz disse:
    27 de janeiro de 2017 às 14:48

    Oi, Ana
    Ainda bem que você teve esses momentos descontraídos com o livro para quebrar o gelo das partes cansativas. Tudo dependente do desenvolvimento da autora, né?
    Eu ainda não li, mas tenho vontade, pois gosto muito do gênero. Gostei de ver sua visão da história.

    Curtir

    Isabela disse:
    27 de janeiro de 2017 às 15:22

    Tem muito tempo que quero ler esse livro. Eu tenho ele em ebook e Férias em formato físico (edição econômica também e concordo com seus comentários). Mas nunca consigo encontrar a motivação necessária para começar a leitura e acabo passando outros livros na frente…
    Beijos

    Curtir

    Danielle Rodrigues Casquet de Melo disse:
    27 de janeiro de 2017 às 15:47

    Olá Ana tudo bem, eu li esse livro a um tempo mais a personagem deixou o livro um tanto chato. A personalidade dela é muito insegura e chata para falar a verdade, parece que meu inicio de Marian Keys foi traumatizante, mas ainda não desisti da autora. Bjkas

    Curtir

    World Of Make Believe disse:
    27 de janeiro de 2017 às 15:58

    Oi Ana! 😀
    Que pena que a leitura acabou sendo maçante para você, eu li Melancia e Los Angeles da série e adorei, o primeiro mais que o outro, achei a personagem muito divertida e as divagações dela nem me incomodaram, pelo contrário quando concluí quis logo conferir os outros.
    A minha edição é a mesma que a sua e as folhas são tão brancas que chega a ser transparente… Mesmo assim prefiro a edição econômica, por ser mais leve do que a outra que é muito pesada para carregar na mochila.

    Beijos e até logo! \o
    Ass: Amanda Mello.

    Curtir

    Aline Coelho Cury disse:
    29 de janeiro de 2017 às 19:16

    Nossa te entendo bem, também comprei esse Box e me arrependi. Assim como você li Melancia e até gostei, mas foi uma leitura bem sacrificante. Li Férias e até gostei mais do que o primeiro livro. Mas Sushi acabei desistindo, sabe aquele livro que vc lê e lê e não sai do lugar, nossa desisti dessa autora. Ela tem enredos interessantes, mas a narrativa é errastada e cansativa. Enfim foi ótimo conferir suas impressões e perceber que não sou a única nesse mundo que não consegue se envolver com a autora.

    Leituras, vida e paixões!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s