[RESENHA#25] O Segredo dos Seus Olhos

Postado em Atualizado em

Resultado de imagem para o segredo dos seus olhos livro

Título: O Segredo dos Seus Olhos 
Autor:
Eduardo Sacheri 
ISBN: 9788560280735
Ano: 2011
Páginas: 212
Editora:
Suma de Letras
Informações: Skoob
Compre aqui: Submarino/ Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Neste seu primeiro romance, Eduardo Sacheri expõe as feridas sofridas por um país numa época de tensão política e a batalha de um homem contra a impunidade, a burocracia do sistema judiciário e os seus próprios dramas íntimos. No início dos anos 70, quando Benjamín Chaparro trabalhava em um juizado de Buenos Aires, um inquérito de homicídio – o brutal estupro e assassinato de uma jovem dona de casa – deixou marcas profundas no cotidiano da repartição. Trinta anos depois, aposentado, Chaparro dedica seu tempo a escrever um romance. Em busca de inspiração, ele retorna ao juizado e o contato com as salas e corredores de seu passado o faz relembrar um dos momentos mais significativos de sua vida: o crime, com todos os seus detalhes chocantes; os desdobramentos inesperados do caso, no contexto de uma Argentina às vésperas da entrada na ditadura militar; e a história de amor secreto que viveu em meio a toda essa turbulência e que permeou todo o seu profundo envolvimento no caso. O livro que deu origem ao filme ganhador do Oscar.  


Hey pessoinhas, como estão?!

Sou aquele tipo de leitora curiosa que adora desbravar e que deseja conhecer um pouquinho de tudo =)  E dessa vez, me aventurei num livro de Ficção Argentina que originou uma adaptação ganhadora de um Oscar® de Melhor Filme Estrangeiro em 2010. Eu particularmente não conheço quase nada da literatura latino-americana, à não ser por nome  (olha que vergonha, não me julguem kkkk), mas esse livro em particular me chamou atenção pela sinopse logo de cara!

O livro é narrado em primeira pessoa, pelo então vice-secretário aposentado Benjamin Chaparro. Com o ócio da aposentadoria, decidiu ocupar seu tempo escrevendo sobre um brutal assassinato que marcou sua vida e seus 30 anos de carreira.

Chaparro tem muitas lembranças e acaba por nos envolver em muitos de seus sentimentos ao longo da narrativa, que diversas vezes passa para terceira pessoa para nos explicar o que a personagem não consegue.

O pano de fundo de nossa estória, está a austera e violenta Ditadura Militar da Argentina, que ocorreu entre os anos de 1966-1973. Chaparro é então vice-secretário do Juizado de Instrução nº 41 e, como muitos de nós, se vê preso a um cargo do qual não se sente satisfeito e questiona diversas vezes seus superiores, pelo simples fato de se sentir muito mais capacitado do que eles.

“Complexo de oficial primeiro.” Minha doença deveria ter nome científico. “Diz-se do funcionário judicial que, por não ter diploma de advogado, fica limitado no escalão a ser o chefe administrativo de uma Secretaria e exerce um importante poder sobre escreventes, auxiliares e estagiários, mas nunca, na porra da vida, superará essa posição hierárquica, e portanto se encherá meticulosamente de frustrações ao ver como outros, às vezes mais capazes e, muitas outras, mais babacas, terminam por ultrapassá-lo como meteoros rumo ao estrelato tribunalício.”

Contrariado pelas ordens de seus superiores, ele parte para atender a ocorrência.  Assim que chega, encontra o então oficial-inspetor de polícia e colega Báez, que se encarrega de levá-lo à cena do crime: Liliana Colloto, uma linda e  jovem mulher, professora primária e recém-casada que fora brutalmente estuprada e assassinada. Juntos vão até o banco onde Ricardo Morales, então recém-viúvo de Liliana trabalha para comunicar-lhe o crime. Especialmente comovido com o caso e a reação do recém-viúvo, Chaparro decidi cuidar pessoalmente do caso.

Nesta estória existem poucos personagens, porém cada um crucial para seu momento. Sandoval é subordinado à Chaparro e, apesar de ser alcoólatra, têm total respeito e amizade de seu chefe, ajudando-o com seu grande raciocínio e inteligência. Temos também Pedro Romano, o vice-secretário da outra secretaria do Juizado que é um daqueles babacas ao qual ele têm tanto desprezo e que, com sua total incompetência, consegue complicar toda a investigação de Chaparro. E, claro, temos Irene, que entra no Juizado como uma simples secretária e, no presente, é a atual Juíza responsável.

Chaparro nutre um amor platônico por Irene, apesar de não ter contato com ela durante toda a estória e ter se casado por duas vezes. Sente muita culpa dos casamentos não terem dado certo, justamente por nutrir esse amor às escondidas.

No livro, o assassino de Liliana é exposto logo de cara, mas não quero deixar de manter o mistério. Há sim, muito suspense que é escondido nos olhares das personagens. Caso você já tenha assistido ao filme, que está disponível na Netflix, não se iluda pensando saber o que acontece na estória. É tudo diferente, inclusive o final. Apenas alguns fatos foram mantidos, mas o foco do filme é justamente o amor platônico de Chaparro que não foi explorado no livro. É um filme bom, mas não considero que tenha superado o livro. De qualquer forma, super recomendo esta estória!!

Resultado de imagem para gif o segredo dos seus olhos

http-signatures-mylivesignature-com-54494-324-3e0afc0e30bc05c945278542b11620b8

Anúncios

10 comentários em “[RESENHA#25] O Segredo dos Seus Olhos

    Books And Carpe Diem disse:
    8 de novembro de 2016 às 23:00

    Oii, tentei ler esse livro a algum tempo atras, mas ele não fluiu para mim, não sei se era o momento, gostei muito da sua resenha mas continuo sem animo para terminar esse livro, mas quem sabe o momento ainda chegue, tentar sair novamente da minha zona de conforto.
    Parabéns pelo trabalho.

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    Rosana Gutierrez disse:
    9 de novembro de 2016 às 14:15

    Oi Gaby, tudo bem?
    Eu amei o filme. Achei a história incrível.
    Vc sabia que em 2015 fizeram versão nos EUA, Olhos da justiça, com a Nicole Kidman, mas o argentino é melhor.
    Vejo pela sua resenha que a obra é ainda mais arrebatadora.
    Interessante eles mostrarem logo o assassino e não focar no amor do Chaparro… Tudo diferente, quero ler!!!!
    Bj

    Curtido por 1 pessoa

    Suzzy Chiu disse:
    9 de novembro de 2016 às 14:38

    Hello! Tudo bem?
    Achei bem interessante a história pelo que li da sinopse.
    Não conhecia o livro O Segredo dos Seus Olhos e acho que vou gostar pelo que li da resenha.
    Gostei do que falou do livro e dos personagens, já fiquei curiosa para ler e saber dos rumos que cada um tomou.
    Linda a capa e valeu pela dica.
    Vou tentar ler e ver o filme.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    Curtido por 1 pessoa

    Larissa Oliveira disse:
    9 de novembro de 2016 às 14:47

    Oi!
    Assim como você não conheço praticamente nada da literatura latino-americana e morro de vergonha disso, assim eu não conhecia esse livro mas fiquei bastante interessada nele pois achei o desenvolvimento da trama bastante peculiar, principalmente por mostrarem desde o início quem é o assassino de Liliana.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    Curtido por 1 pessoa

    Thayenne disse:
    9 de novembro de 2016 às 18:04

    Olá,

    Não conhecia esse livro ainda, achei esse título muito chamativo e já fiquei curiosa para saber mais da história.
    Até hoje só li um livro Argentino e adorei! O suspense foi até a última página. Espero que ao ler esse goste tanto quanto você ou mais hahaha. Quanto a adaptação pretendo assistir depois que lê o livro, pois gosto de fazer comparações.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

    Gaby Marques disse:
    10 de novembro de 2016 às 19:41

    Heey, tudo bem? Seu post ficou ótimo! Bom saber que gostou da obra. Só leio elogios sobre ela, e também sobre o filme. Tenho muita vontade de ler, mas sempre acabo deixando para depois. Agora voltou para os desejados!
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    Tammy (Livreando) disse:
    14 de novembro de 2016 às 12:18

    Oi Gaby,
    Achei bem interessante a escolha da literatura. Eu também não conheço nada da literatura latino-americana e me deu até certa curiosidade de conferir.
    Ainda não assisti o filme, mas fiquei bem curiosa referente a livro, os elementos de suspense e conhecer uma nova escrita, me chamaram a atenção.
    Bjim!
    Tammy

    Curtido por 1 pessoa

    catharina disse:
    14 de novembro de 2016 às 21:48

    Oie
    eu to mega curiosa pelo livro e pelo filme faz um bom tempo pois vejo muitos elogios e sempre ouço falar entao espero adorar, boa dica e boa resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2016/11/caixa-de-correio-42.html

    Curtido por 1 pessoa

    Joyce disse:
    17 de novembro de 2016 às 09:17

    Gaby lindona a premissa não me chamou atenção como eu gostaria, mas fico feliz que a leitura te agradou, devido a correria vou tentar ver o filme e ver se me agrada. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com/

    Curtido por 1 pessoa

    Vertkal disse:
    21 de novembro de 2016 às 22:01

    Olá, nunca fui um conhecedor da cultura Latino-americana na verdade nem brasileira. Mas “não me Julgue” kkkkk Essas historias com poucos personagens são interessantes, geralmente são bem mais construídos e acredito que dão uma identidade mais forte a historia, que de certa forma passa em uma época bem peculiar. Mais uma vez parabéns pela resenha 🙂 #fãN2

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s