[RESENHA#17]Confissões do Crematório, de Caitlin Doughty

Postado em Atualizado em

confissoes-do-crematorio-capa-site-darksidebooks-smoke-gets-in-your-eyes-caitlin-doughty
Título:
Confissões do Crematório
Autora: Caitlin Doughty
ISBN: 9788594540003
Ano: 2016
Páginas: 260
Editora: DarkSide Books
Informações: Skoob / Goodreads

Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Ainda jovem, Caitlin conseguiu emprego em um crematório na Califórnia e aprendeu muito mais do que imaginava barbeando cadáveres e preparando corpos para a incineração. A exposição constante à morte mudou completamente sua forma de encarar a vida e a levou a escrever um livro diferente de tudo o que você já leu sobre o assunto.
Confissões do Crematório reúne histórias reais do dia-a-dia de uma casa funerária, inúmeras curiosidades e fatos filosóficos, históricos e mitológicos. Tudo, é claro, com uma boa dose de humor. Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, ela desmistifica a morte para si e para seus leitores.
O livro de Caitlin – criadora da websérie Ask a Mortician – levanta a cortina preta que nos separa dos bastidores dos funerais e nos faz refletir sobre a vida e a morte de maneira inteligente, honesta e despretensiosa – exatamente como deve ser. Como a autora ressalta na nota que abre o livro, “a ignorância não é uma bênção, é apenas uma forma profunda de terror”.


Hello people !! Finalmente vai rolar uma resenha minha aqui no blog =)

Estou muito contente de participar aqui do Literakaos e peço que não reparem muito, pois é a minha 1ª resenha… a Ana é uma pessoa muito querida e paciente. Sou muito grata por tudo que têm me ensinado e principalmente por sua amizade sincera. Agora, chega de rasgação de seda e vamos ao que interessa!

Este mês, li o lançamento de Julho da Caveirinha “Confissões do Crematório” (graças ao empréstimo de outra amiga também chamada Ana, obrigada!). A capa dura e a diagramação do livro são maravilhosas, como não se interessar logo de cara só pela capa?

Eu não li nenhuma sinopse ou resenhas, porque queria ser surpreendida pelo livro e, acreditem, eu fui. A princípio, acreditei que se tratava de alguma estória de terror ou suspense policial. Mas, me enganei … kkkkkk esse livro é de uma youtuber/blogueira americana. Vou contar um pouquinho mais a respeito dela:

caitlin-doughty_darkside


Caitlin Doughty é agente funerária, escritora e mantém um canal no YouTube onde fala com bom humor sobre a morte e as práticas da indústria funerária. É criadora da web série Ask a Mortician, fundadora do grupo The Order of the Good Death (que une profissionais, acadêmicos e artistas para falar sobre a mortalidade) e também autora de Confissões do Crematório. Saiba mais clicando
aqui.

 

 

É um livro de não-ficção, como a própria caveirinha indica na sinopse e pode chocar algumas pessoas pelo conteúdo. Não chocou a mim e de forma alguma me senti ofendida com qualquer coisa que ela escreveu. Muito pelo contrário, me fez refletir (e muito) sobre aquele assunto tão temido por qual quer ser humano: A Morte.

“Olhar diretamente nos olhos da mortalidade não é fácil. Para evitar isso, nós escolhemos continuar vendados, no escuro em relação às realidades da morte. No entanto, a ignorância não é uma benção – é só um tipo mais profundo de pavor”.

Com apenas 08 anos de idade, ela tem uma experiência que a traumatiza e desde então, torna-se obsessivo-compulsiva, criando rituais malucos que supostamente afastariam a morte de sua vida. Já adulta, se forma no curso de História Medieval, buscando aprofundamento em tudo que se relaciona com a morte, como luto e rituais.

Começamos o livro com o relato do primeiro dia da Caitlin no Crematório Westwing: sua missão é barbear o cadáver de um idoso que será velado pela família antes da cremação. Ela está um pouco insegura e temendo estragar sua tão desejada oportunidade de atuar diretamente com a morte.

Com o passar dos capítulos, Caitlin torna-se uma profissional experiente, nos contando mais a respeito de seu dia a dia e dos procedimentos funerários de um Crematório, sempre questionando o atual sistema funerário e avanços médicos, fazendo um levantamento histórico de rituais e procedimentos médicos.

 “Os anos 1930 trouxeram o que é conhecido como “mecanização” da morte. A ascensão dos hospitais escondeu as visões, os cheiros e os sons desagradáveis da morte. ” 

Com o conhecimento aprofundado em História, Caitlin menciona diversas culturas desde o budismo até tribos indígenas nessa jornada em busca da mortalidade e questiona muitas de nossas certezas. Ela também nos mostra como os hábitos mudaram através do tempo, falando de casos reais de pessoas suicidas, idosos, usuários de drogas e de como as famílias reagiram à morte de seus entes.

Quando comecei a ler esse livro, acreditei que leria coisas como nos poemas de Augusto dos Anjos. E eu li, mas pude perceber que a intenção de Caitlin, foi o de percebemos como temos que valorizar a vida e vive-la plenamente. Ela cita diversas vezes como estamos horrorizados com a ideia de morrer e nossos corpos entrarem em decomposição, que nos tornamos fissurados pela imortalidade. Acabamos por fugir da realidade do presente, esperando apenas por um futuro incerto.

Caitlin aborda de maneira leve, gentil e bem-humorada (incluindo muitas coisas nojentas) e referencias cults. Um livro com lições para toda a vida. Ela desmistificou o tema e também criticou duramente o sistema tão comercial que a morte se tornou. Possui muitas curiosidades relevantes que pretendo aprofundar. Leitura super recomendada!

http-signatures-mylivesignature-com-54494-324-3e0afc0e30bc05c945278542b11620b8

Anúncios

18 comentários em “[RESENHA#17]Confissões do Crematório, de Caitlin Doughty

    Mariana disse:
    19 de outubro de 2016 às 18:09

    Oi, tudo bom?

    Gostei muito da sua resenha super bem elaborada, mas infelizmente a temática do livro não é das minhas preferidas.

    Beijos:*
    treslivrolatras.blogspot.com

    Curtido por 2 pessoas

    Daniele Vieira disse:
    19 de outubro de 2016 às 18:46

    Olá
    Essa capa é uma lindeza *_*
    Sempre achei a questão da morte muito fascinante, desde os 12 anos já falo que quero doar tudo que der e ser cremada, só que ninguém gosta desse papo, pais, irmãos, marido ou amigos.
    É um livro que me deixa bem curiosa

    Curtido por 2 pessoas

    Raíssa - Livros Românticos disse:
    20 de outubro de 2016 às 08:26

    Eu não sabia do conteúdo desse livro até que li minha primeira resenha sobre ele e fiquei doida para ler.
    Pq eu estou trabalhando um romance com uma legista e acho que ele vai me ajudar mt a ambientar a relação da minha personagens com a morte e tudo o mais. Sua resenha só reforçou meu desejo de ler e vou correndo comprar pra não perder tempo.

    Raissa Nantes

    Curtido por 2 pessoas

    Vertkal disse:
    20 de outubro de 2016 às 10:40

    Interessante, isso que teoricamente lidar com os mortos não seria um problema pois ja estao mortos (dã!), Mas me interessei por esse ponto de vista que o livro aborda. Para sua primeira resenha ta de parabéns 😉

    Sucesso!!!

    Curtido por 2 pessoas

    Larissa Oliveira disse:
    20 de outubro de 2016 às 15:41

    Oi Gaby!
    Esse livro parece ser muito interessante, afinal não é sempre que temos acesso aos bastidores de uma funerária e, mais do que isso, aos relatos de quem lida com os mortos diariamente. Deve ser uma leitura única. E não se preocupe: você se saiu muito bem em sua primeira resenha.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    Curtido por 2 pessoas

    Carla disse:
    20 de outubro de 2016 às 19:48

    oie!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas fiquei intrigada com a história. Tem um jeito de ser bem diferente do que estou acostumada a ler, por isso que me chamou a atenção.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    Curtido por 1 pessoa

    Michele Lopez disse:
    21 de outubro de 2016 às 14:37

    Olá,
    O que mais me chama a atenção é o fato de ser uma obra de não-ficção e o conteúdo abordado ser bem inusitado.
    Fiquei muito intrigada para conferir a obra, principalmente por conta da diagramação da DarkSide que sempre nos surpreende.
    Adorei saber suas impressões acerca da obra e pretendo ler em breve.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    Curtido por 2 pessoas

    Thayenne disse:
    21 de outubro de 2016 às 21:08

    Olá,

    Fico feliz que tenha gostado da leitura, infelizmente, não posso dizer que esse livro chamou minha atenção, na verdade nada nessa obra me chamou a atenção. Eu até gosto de alguns livros mórbidos, de vez em quando é bom da uma variada, mas essa obra não conseguiu me prender.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    Curtido por 2 pessoas

    Flora Literária disse:
    22 de outubro de 2016 às 10:25

    Oi, Gaby!

    Nunca li o livro, mas conhecia de vista. Logo de cara me interessei só por ver que é da Darkside, depois de ler sua resenha estou com mais vontade de lê-lo! A capa tá linda demais!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

    Tamara Padilha disse:
    22 de outubro de 2016 às 12:34

    oie, nossa, fiquei querendo ler esse livro logo. Adoro histórias reais e acho que a morte é um tema que hora ou outra chega para todos nós e é bacana um livro que fale dela, ainda mais quando a autora parece falar tão bem sobre o tema. Parabéns pela sua resenha.

    Curtido por 2 pessoas

    Livros&Tal disse:
    22 de outubro de 2016 às 19:21

    Oie!
    Então, diferente de você, esse livro não é em nada o meu estilo haha
    Sou muito medrosa e só o nome do mesmo foi um significado para mim que devo me manter bem distante kkk
    Sua resenha está incrivel, mas dessa vez irei passar.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    Curtido por 1 pessoa

    lilianhuzyk disse:
    24 de outubro de 2016 às 09:22

    Olá! Adorei a premissa do livro e essa pegada diferente que ele tem, mas admito que não é meu gênero favorito, então não sei se leria! Ainda assim sua resenha ficou ótima, adorei a forma como expos sua opinião e nos apresentou a obra!

    Curtido por 1 pessoa

    Talita Correia disse:
    25 de outubro de 2016 às 18:46

    Oi
    Eu vou ser bem honesta: a morte Maomé fascina. Ela é um fim quando eu tenho tanta coisa pra fazer que não rola nem curiosidade. E logo esse livro não seria uma escolha minha tão cedo!

    Curtido por 1 pessoa

    Leituras Compartilhadas disse:
    25 de outubro de 2016 às 20:24

    Não como não reconhecer que o livro é bem original. Darkside sempre surpreendendo. Eu gosto muito dos livros da editora, mas confesso que pela sinopse da obra eu não havia me interessado. Mudei de ideia ao ler a sua resenha, pois ela me trouxe um outro olhar sobre a obra. Adorei a resenha!

    Tatiana

    Curtido por 1 pessoa

    Catharina Mattavelli Costa disse:
    27 de outubro de 2016 às 14:43

    Oie
    a capa e a edição estão muito legais mas não sei se é bem o que procuro para ler no momento, sua resenha está ótima, parabéns, dessa vez vou deixar a dica passar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    Curtir

    Ruhh Belle (@tandadventures) disse:
    31 de outubro de 2016 às 13:53

    Ooi! Parabéns pela primeira resenha ^-^
    Já tinha visto sobre esse livro, mas realmente não é o meu estilo rs não sabia certas coisas sobre a escritora e achei legal você colocar as informações!
    Beijos 😉

    Curtido por 1 pessoa

    Kris Oliveira disse:
    31 de outubro de 2016 às 18:28

    Olá
    Olha esse é um dos poucos livros de Youtuber que eu quero ler na vida.
    Além de lindo aborda uma temática que muito me atrai.
    E só tenho ouvido falar muito bem dele.
    beiiiijos

    Curtido por 1 pessoa

    krisnamara disse:
    2 de novembro de 2016 às 10:20

    Olá, Gabi! Tudo bem?

    Parabéns pela resenha, super bem escrita. Fez minha vontade de ler o livro aumentar e ele já está aqui, do ladinho, esperando sua vez.

    Tem certeza que foi sua primeira resenha? rs

    beijo e muito sucesso nessa nova empreitada de se tornar resenhista 😉

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s