[RESENHA#15]Menina Má, de William March

Postado em Atualizado em

menina_ma_1458835413572351sk1458835413b
Título:
Menina Má

Autor: William March
ISBN: 9788566636819
Ano: 2016
Páginas: 272
Editora: Darkside Books
Informações: Skoob / goodreads
Compre aqui: Submarino / Saraiva / Cultura / Amazon

Sinopse: Publicado originalmente em 1954, MENINA MÁ se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivos comuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro apavorantemente bom. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, MENINA MÁ ganharia uma montagem nos palcos da Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark.
Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.
MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.


Começo essa resenha me perguntando…. Porque demorei tanto para ler esse livro? 

Menina Má não é só mais uma capinha linda da Darkside. Menina Má é um clássico do terror, que inspirou os meus personagens favoritos! Não estou falando do terror de demônios, almas errantes e sobrenatural. Estou falando do terror psicológico, o terror do possível, os monstros da vida real aos quais podemos tocar.

No caso de Menina Má, conhecemos Rhoda. Uma menina linda, sorriso cativante, impecável, estudiosa e esforçada em todas as suas tarefas. Um poço de educação, o que é totalmente fora dos padrões para uma criança de apenas oito anos.

tumblr_mcysn5gghn1qhgy2ko1_500

Com o marido em uma longa viagem a trabalho, Christine se vê sozinha, com suas suspeitas sobre sua filha. Christine e e seu marido sempre acharam Rhoda estranha, mas agora as suspeitas são outras e após a morte de um coleguinha da escola, Christine se pergunta se realmente sua pequena filha seria capaz de tal atrocidade.

Em meio a essa suspeitas, Christine acaba alimentado, cada dia mais, suas duvidas sobre Rhoda ser mesmo uma pequena sociopata, e não apenas isso, mas também sobre seu próprio passado sombrio.

seed-animated

“Então eu continuei batendo nele, mãe!”

O livro é surpreendente do inicio ao fim e assustador ao mesmo tempo pois, como uma criança linda e fofa de oito anos pode passar pela suspeita de ser uma assassina a sangue frio??? Difícil não é mesmo?

Eu não me aguentei e antes de terminar o livro, acabei vendo o filme na versão de 56, o bom e velho preto e branco. 

Eu sei, eu sei, eu estraguei tudo descobrindo o final da história antes de ler o livro… Mas não foi bem assim. Como todo filme baseado em livro, a história não foi bem assim similar a obra e pasmem: O final do filme não tem NADA a ver com o final do livro! 

Ao acabar a leitura eu fiquei muuuuito surpresa! Mas muito meeeesmo!

giphy

Enfim, agora pra vocês saberem mais, só correndo lá pra ler não é mesmo?

Não gosto de dar notas as minhas leituras, mas esse livro é um dos meus preferidos! 

Anúncios

10 comentários em “[RESENHA#15]Menina Má, de William March

    Matheus Pataro disse:
    15 de outubro de 2016 às 10:37

    Wow! Preciso ler/assistir isso! Adoro terror psicológico. Eles trazem uma sensação mais tátil e uma manipulação constante! Muito boa a resenha! Obrigado pela dica!
    http://www.playmymind.com.br

    Curtido por 1 pessoa

    Larissa Oliveira disse:
    16 de outubro de 2016 às 18:57

    Oi!
    Li esse livro recentemente e fiquei chocada com o desfecho que ele teve. Eu não ia assistir a adaptação justamente por ela ser antiga demais mas agora estou muito curiosa pra saber qual final escolheram pro filme, já que ele é diferente do livro.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    Curtido por 1 pessoa

    Maria (@marijleite) disse:
    17 de outubro de 2016 às 10:38

    Olá, eu ainda não li esse livor mas acho que gostaria de ler ele, pois me interesso mais pelo terror “real”, possível, do que pelo sobrenatural, Bom saber que o final do filme é diferente, ótima resenha.

    Curtido por 1 pessoa

    Morgana Brunner disse:
    17 de outubro de 2016 às 12:38

    Oiii, como vai?
    Tenho muito interesse mesmo em realizar a leitura desse livro, quero muito assistir ao filme também. Diante de tantos lançamentos da Darkside esse é o livro que mais quero deles.
    Beijinhos

    Curtido por 1 pessoa

    Suzana Chaves Linhares disse:
    17 de outubro de 2016 às 14:34

    Olá! Capa linda né! Fiquei curiosa para assistir ao filme! E também mais louca ainda para ler o livro. E imaginar que deu origem a tantos clássicos do terror, deve ser uma história que prende mesmo, amei seu texto, beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    Giovanna Hollo disse:
    19 de outubro de 2016 às 18:58

    Eu li e é realmente MUITO surpreendente. Muito bem escrito, me prendeu do inicio ao fim. As vezes eu não conseguia dormir porque estava ansiosa pra voltar a ler hahah

    http://www.literaturanews.com.br/

    Curtir

    Livros&Tal disse:
    21 de outubro de 2016 às 16:23

    Oie!!!
    Mas gente que resenha mais empolgante é essa?
    O meu problema com esse livro é o medo… sou muito medrosa… por isso ainda não tenho coragem de o ler.
    Quanto ao final do filme e do livro, hahaha imagino a sua surpresa ao ver a diferença quando terminou o livro kkkk

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    Curtir

    Licavargas disse:
    22 de outubro de 2016 às 21:01

    Esse livro me parece fazer parte dos mais assustadores na minha opinião.
    Quer dizer, estamos falando de uma fofa menina de oito anos que pode ser uma sociopata e assassina fria e não de um fantasma, demonio ou qualquer coisa possível de se enganar dizendo que não existe…
    Como sou meio medrosa com essas leituras, por mais que a capa me deixe na maior vontade de ler, esse eu prefiro passar por enquanto.
    Achei interessante o final do filme ser completamente diferente do livro. acho que isso deixa ainda mais interessante a soma de livro+filme 🙂
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    Curtir

    entrepalcoselivros disse:
    25 de outubro de 2016 às 14:45

    Esse tipo de livro, que mostra monstros da vida real, é o que me deixa mais aterrorizada. Não consigo nem imaginar a dor de suspeitar que a própria folha, ainda uma criança, pode ter matado alguém. Prefiro evitar esse tipo de leitura, e de filme também. Não sabia que os finais eram diferentes.

    Curtir

    cila-leitora voraz disse:
    26 de outubro de 2016 às 01:38

    Oi, tudo bem?
    OMG!!! Eu preciso ler esse livro!!! Tentei me colocar no lugar da mãe dessa menina. O que você faria se descobrisse o que sua filha fez? Confesso que não sei, não gosto nem de pensar sobre isso. E pior, é que ela é só uma garotinha. Como tão nova pode cometer atrocidades como essas? Nossa!!! Adorei saber que o final do filme é diferente, vou procurar por ele também. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s